sábado, agosto 11, 2007

O MEU FADO

Longe de ti revive o meu desejo
e agarro louca o meu vazio
entre paredes de bruma é que te vejo
na solidão à beira deste rio.

Vestida toda de noite
a cantar na madrugada
perdida no teu olhar
quase rosa desfolhada.

Passo o dia com a fé
outro com ilusão
ando de pé ante pé
para ouvir o coração.

E assim rasgo este tempo
dando pancadas no ser
passo assim toda no tempo
sem me disso me aperceber.

Tenho a vida amortalhada
nesta comédia da vida
puxo breve gargalhada
já pela vida vencida.

Que canção hei-de cantar
que versos hei-de dizer
perdida no teu olhar
mil promessas por fazer.

E mesmo que te sinta em mim
neste jardim de mal-me-quer
tua presença é sol sem fim
eu sinto assim pois sou mulher.


Fernanda

21 comentários:

Maria disse...

O fado perfeito....
... a tristeza, a esperança, o riso, a lágrima...
tudo o que deve ter um fado...

Bom domingo
Beijinhos

Sol da meia noite disse...

Gostei do poema!

Deixo-te muitos beijinhos!!!

SentidoS disse...

Venho agradecer, as ternas palavras no meu mundo repousadas. Perfeita valsa de letras, um poema que bem transmite a pura essência da melodia, do cavado fado...

Beijo Sentido

C Valente disse...

obrigado pelas palavras , aqui encontro um pouco de alegria nas palavras
saudações amigas

astrid disse...

O desatino do amor
A hipnose do olhar
verde e louco
eu sei o que é
eu sei com se desfaz
o mar na areia
o abraço da onda

beijos para ti Linda

Fernanda e Poemas disse...

Maria, obrigada pela visita e as tuas bonitas palavras.

Beijinhos,

Fernanda

Fernanda e Poemas disse...

Sol da meia noite, obrigada.

Beijinhos para ti também.

Fernanda

Fernanda e Poemas disse...

Sentidos,obrigada pelas tuas gentis palavras.

BJS,

Fernanda

Fernanda e Poemas disse...

C Valente, é um prevelégio receber a sua visita.

Beijinhos,

Fernanda

Fernanda e Poemas disse...

Linda, que bom receber a tua visita,
lindas as tuas palavras.

Beijinhos,

Fernanda

O Profeta disse...

Errantes fragrâncias, soltas no dia
Tanta paz, tanta verdade incontida
Tanta fé, no caminho da vida
No céu, grito de pássaro de asa ferida


Profético beijo

Fernanda e Poemas disse...

Olá Profeta, Obrigada pelas tuas lindas palavras.

Beijinhos,

Fernanda

aryana disse...

Boa noite grande poetisa.
De deixar uma lágrima ao canto do olho...
bjs

Vieira Calado disse...

E ainda bem que há mulheres, porque só elas conseguem sentir
como você!....
Beijinhos

Fernanda e Poemas disse...

Aryana, obrigada amiga pelas tuas simpáticas palavras.

Muitos beijinhos,

Fernanda

Fernanda e Poemas disse...

Vieira Calado, querido amigo!
Que generoso foi para mim.
Do fundo do meu coração, um beijo com muito carinho e simpatia.

Fernanda

sonhadora disse...

Gostei muito do poema.
Beijinhos embrulhados em abraços

C Valente disse...

parece que agora já consigo entrar
saudações amigas

Fernanda e Poemas disse...

C Valente, beijinhos, boa noite.
Fernanda

Lia disse...

Um fado em todos os seus sentidos...
Triste mas tão sentido...

Um beijo

Fernanda e Poemas disse...

Lia, obrigada pela tua visita.

Beijinhos,

Fernanda