quinta-feira, fevereiro 14, 2008

SOL-POENTE

Já faz tempo que falo a sós comigo
com os astros, a lua e o luar!
Sinto-me só, princesa sem abrigo,
com um louco desejo de amar!

Quero ter um amor e um amigo
junto a mim com ternura a derramar!
Que me recorde um tempo já antigo
P'ra nas ondas suaves mergulhar...

Não sei se é sonho vão, se uma miragem,
voltar de novo a ser uma paisagem
e ninho acolhedor ao fim dum dia!...

Eu não quero ser triste sem o ser.
Quero encontrar alguém para viver
quero ser sol-poente de magia!

Fernanda

19 comentários:

Maria disse...

Às vezes fico sem palavras, acho que ...
... não posso, não devo escrever mais....

Um beijo com carinho, Fernanda

Pena disse...

Tenho a plena certeza que encontrará a pessoa certa no tempo certo.
Oxalá a respeite, estime e considere.
Poema lindo.
Beijos amigos

pena

Higino disse...

Mt bem. Que lindo interior. E n digo mais!

O Sentir dos sentidos disse...

Uma pessoa com este pensar e este sentir...certamente logo encontrará este amor...amor de sol-poente...Lindo!!!

Beijo,

José Miguel Gomes disse...

Os sonhos nunca são em vão! Força!

Fica bem,
Miguel

mixtu disse...

encontrar alguém...

o desejo de ser sol ou feliz...

ter alguém, como o lobo da minha estória...

abrazo serrano

mixtu disse...

encontrar alguém...

o desejo de ser sol ou feliz...

ter alguém, como o lobo da minha estória...

abrazo serrano

Pedro Arunca disse...

Já faz luar
Desejo amar
Quero derramar
Suavemente mergulhar
Não ser paisagem
Eu não sou miragem
---------
Olá Fernandinha, não me leve a mal este jogo com palavras suas.
Gostei do soneto.
Beijinho
PA

Suave Toque disse...

"Desejo de bem amar,
Desejo de ser feliz,
Desejo de bem querer,
Desejo de bem viver...
Com o perfume da flor, e a delicadeza de um beija-flor venho até você desejar um feliz final de semana.

Um grande beijo de carinho.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Amiga, belo poema...Exelente.
Beijos

LuzdeLua disse...

Não sei se é sonho vão, se uma miragem,
voltar de novo a ser uma paisagem
e ninho acolhedor ao fim dum dia!...

Lindo demais amiga. Passando para te ler, deixo um beijo com carinho e bons desejos pra semana.
Bjs

O Profeta disse...

A melodia do teu canto reverbera no tempo
A lonjura é o momento do abraço
O teu sorriso chegou ao meu silêncio
Solta palavra doce no espaço

Uma torrente de emoções para ti


Um mágico fim de semana


Doce beijo

LOURO disse...

Olá amiga, lindo poema, que o teu sonho se torne real.
gostei!!!
bom fim de semana
beijo de carinho e amizade
Lourenço

elvira carvalho disse...

Eu não quero ser triste sem o ser.
Quero encontrar alguém para viver
quero ser sol-poente de magia!

E eu acredito que vai encontrar, essa pessoa, que vai tornar a sua vida, num eterno sol poente de magia.
Bom fim de semana
Um abraço

xistosa disse...

"e ninho acolhedor ao fim dum dia! ...

quero ser sol-poente de magia!"

Tem toda a razão !!!

Gui disse...

E encontrarás Fernandinha e serás esse esplendoroso sol-poente de magia. Um beijo

Raissa disse...

Belíssimo soneto!!!

Um abraço!!!

Raissa - Brasil

J. Monteiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
J. Monteiro disse...

"Sol Poente"

É um sol menos quente...
Que raia ao fim do dia!
Faz bem a toda a gente...
Ele, tem muita magia!

Beijos Fernandinha