sábado, fevereiro 09, 2008

O SOL COM A TERRA FAZ AMOR

Um dia, olhei para o Céu,
vi nele um espesso véu,
uma trovoada iminente:
Raios, coriscos, centelhas
abrem crateras, vermelhas,
em corrupio permanente.

Um raio de Sol espreita
Por uma abertura estreita.
Entre nuvens carregadas,
pequenas gotas de chuva,
Quais lágrimas de viúva,
São por ele violadas.

Passados breves instantes,
do acto entre os dois amantes,
um fenómeno acontece:
Um arco-iris, infinito,
torna o céu mais bonito,
O sol brilha, a terra aquece.

Belo arco-iris, colorido,
por nuvem negra parido,
que um raio de sol fecundou,
gera festival de cores,
filho de estranhos amores
que a tempestade juntou.

O Sol fonte de energia,
tudo mata, tudo cria,
seja em que lugar for,
é Deus da fertilidade,
luz divina, claridade,
com a terra faz amor.

Lisboa, 09/02/2008
Fernanda

24 comentários:

Maria disse...

Olá Amiga

Gostei deste teu poema ao Deus Sol e à Mãe Terra...
Bom domingo
Beijinhos

Sonho & Sedução disse...

O amor corespondido é como o sol entre nuvens que nos presenteia com seu brilho sem nos queimar com seu calor
Na imensidão mar, busque o amor, pense e terás paz.

Beijo com carinho

C Valente disse...

"O Sol fonte de energia",
o Sol é vida e morte
Mais um belo poema
Boa noite e bons sonhos
Saudações amigas com um beijo

xistosa disse...

Deixei no "inséte" a explicação.
È um bocado comprida.
Há cerca de 46 anos, mandaram-me comprar uma embalagem de Modess.
Só se vendia nas Farmácias e salvo erro custava 2$80.
Bom fim de semana.

Voltarei para a leitura ...

Juca disse...

Estes momentos precisam ser guardados em belos versos para que não nos passem desapercebidos!

Muito singelo, Fernandinha!

Tenha um ótimo domingo!
Beijinhos!
Juca

Rosa Maria disse...

Fernandinha

Mais um belo poema!

Bom domingo.

Beijinhos

elvira carvalho disse...

Um belo momento de poesia.
Bom Domingo
Um abraço

Iana disse...

Lindooo.... mas lindo mesmo!!!!
Adorei ler esse seu post, minha querida... está divino!!!

passei para deixar um beijinho carinhoso e dizer que amanhã publicarei mais um capitulo em Vidas-interrompidas.
Beijossss mil...
Iana...

C Valente disse...

Passei para cumprimentar e desejar o resto de bom domingo
Saudações com um beijo

Acordomar disse...

Gostei Fernandinha :)

Vou voltar com mais tempo para ler o q esta em atraso...

Grd beijinho*

gaivota disse...

fernandinha
tão lindo este teu poema, combinaçóes sublimes, o sol, o céu, arco-íris, chuva,filhos,
amor, muito amor, uma vida, várias vidas
beijinhos minha amiga

Carol disse...

Ai, o amor anda no ar... Na terra, no mar, no sol, na chuva...

Beijinhos, minha querida!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Querido amigo C Valente, grata pelas suas palavras.
Uma noite tranquila e feliz.
Beijinhos,
Fernandinha

Agulheta disse...

Querida amiga. Como sempre gosto de ler as tuas poesias,pois como adoro o sol,faz parte do meu calor de alma e beleza.
Amiga por um desafio feito por uma amiga nossa espero que comrespondas a ele,passa no Mar de Chamas,para recolher a foto e amizade. Beijinho e boa semana Lisa

joão m. jacinto & poemas disse...

Que seja o teu céu sempre límpido de esperança com sóis de alegria e de multidão!
E que o amor seja azul-celeste carregado de estrelas e de manhãs!

bjs,

jj

Carminda Pinho disse...

O Sol dá vida. Adoro os dias de sol.
Belo poema.
Beijos

R Lima disse...

O sol que nos aquece também nos destrói. Sob seu manto de vigor qualquer criatura resurgi e por ele é consumido.

Que sol nos ilumina?

Que sol nos iluminará?

Tenho a ele como guia de luz.

Bjs e bom te encontrar lá pelo Suave Toque.




Texto de hoje: CoRaçÃo...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

gaivota disse...

fernandinha
espreita o meu cantinho e vê se reconhces alguma coisa....
beijinhos para ti!

andre wernner disse...

Cara Fernanda,
Simplesmente sublime!
Algo que para muitos é apenas mais um acontecimento do dia, você conseguiu mostrar que ele é, na simplicidade, muito mais rico em nuances e perfeito, como tudo na natureza.

E como lição da unidade de tudo com o Todo, Sol e Terra se completa em ato de amor explicito e em lugar de destaque, sem receio de mostrar encantamento, se entregando a cada momento, sacudindo o sentimento dos que sabem apreciar ao seu redor e contemplar o simples, o belo, o cotidiano costurado de amor e enfeitado de alegria. Eis um poema verdade. Destes que saem da alma!

Abs

poetaeusou . . . disse...

*
continua, fernandinha
,
conchinhas
,
*

Berta Helena disse...

Sempre bonita, a tua poesia.

Beijinhos, Fernanda.

José Miguel Gomes disse...

E como está belo o Sol hoje...

Obrigado pelas visitas.

Fica bem,
Miguel

LOURO disse...

Querida amiga,que este SOL maravilhoso, te ilumine pela vida fora.
ADOREI !!!

Xi coração com carinho e amizade
Lourenço

Jose Gonçalves disse...

O Sol com a terra faz amor.
A areia é seu leito e o luar a manta.
O mar é testemunha desse amor e beija-o devagarinho tornando suave o romance.
Belo minha amiga, esta paixão de amor entre o sol e a terra.
Um beijinho
José Gonçalves