segunda-feira, junho 09, 2008

AMAR DE MAIS É LOUCURA!...

Porém, amar e saber amar
para o amor não cansar...

Ama, exige ser amado
sem Excessos de paixão
porque um ser apaixonado
deixa de ver a razão.

E o amar, cegamente,
ainda que o não pareça,
tem levado muita gente
a portar-se infantilmente
e a perder a cabeça.

Num amor equilibrado
cada um dos dois assume
o controlo do seu lado,
sem escravizar, sem ciúme,
saber amar e ser amado
não há mais belo perfume.

Amar com sinceridade,
sem nada ter que inventar
dando o que se tem p'ra dar,
naturalmente, à vontade,
é amor, é lealdade
que nunca vai saturar
e jamais pode acabar.


Amar de mais é loucura,
amar de menos cinismo,
mas, amar com egoísmo,
é muito pior, satura!
Portanto se amares, procura,
amar com conta e medida
para não teres na vida
um amor que é uma tortura.

Fernanda Costa
Lisboa,09 de Junho de 2008

66 comentários:

O Profeta disse...

Amar não é loucura...é voar na vida...


Doce beijo

gaivota disse...

amar será tudo isso, com conta e medida, ah pois é!
é o calo da vida...
quando se é mais jovem, vale tudo, até loucuras!!!
beijinhos para ti, fernandinha

paula disse...

O amor não é razoavel ... Perde-se sempre em devaneios , em loucura , em sonhos poucos razoáveis por vezes. É uma imposição de amar ...
Cabe a nós , à nossa mente , um equilibrio precário .
Mas o Amor é uma segunda vida , é puramente alma ...
Beijinho
Paula

Ana Maria disse...

Amar com sinceridade, responsabilidade e
compromisso.
Bom sono!
bjinsss!!!

Estrela do Sul disse...

O melhor na Amizade...
é que podemos não concordar com tudo,
mas continuamos sempre amigos.

Uma optima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

SAM disse...

Lindo Fernandinha! Descreveste em versos os atalhos do amor. Belíssimo poema!

Grande beijo e amoroso abraço

Dias disse...

Ola Fernanda

Agrada-me o ultimo paragrafo, carregadinho de verdades experimentadas, mas (infelizmente) os paragrafos anteriores surguem como ficção-cientifica ou naifismo ante os olhos de quem por amor ficou doente ao ponto de morto me considerar.

Um bouquet de beijinhos

LuzdeLua disse...

Sou como uma grande àrvore e meus amigos, minhas folhas acumuladas e juntas, que amenizam as tempestades da minha vida, de perto ou distantes.
E ainda há aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparece novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que me deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.
Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Em gratidão pela força e ajuda, estou chegando e superando mais uma batalha desta que é a minha vida.
Obrigada sempre por estar por perto.
Um beijo grande em teu coração.

"Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós".

Pena disse...

Linda Amiga:
Uma conjugação perfeita de sentires no respeito e dedicação.
Amar assim, é lindo. Puro. Sentido.
Autêntico.
Beijinhos de admiração pelo seu ser e estar.
Sempre a estimá-la e a respeitá-la

pena

Agulheta disse...

Fernanda. Pois amar é assim,mas as vezes se perdem alguns sonhos.
Espero que tudo esteja bem contigo,pois não te vejo no meu sítio,estranhei! mas logo que esteja tudo bem melhor fico feliz.
Beijinho Lisa

Lia Noronha disse...

td que passa do ponto...estraga..não é verdade...Deus poema..está na dose certa...adorei!!!
Abraços carinhosos pr ati.

Baby disse...

Poema que fala de amor, tão cheio de verdades, porém tão difíceis de alcançar quando se trata de Amor!
É sempre bom vir aqui!

Beijinhos.

Cadinho RoCo disse...

Haverá como comensurar o amor?
Cadinho RoCo

flamenguista roxo disse...

FERNANDA!!!!!!
OLÁ AMIGA, TUDO BEM?
O AMOR TEM DESSAS COISAS VIVE PEGANDO AS PESSOAS.
MAS É TÃO BOM AMAR...EU ADORO.
BEIJOS NOS TEUS OLHOS.

BANDEIRAS disse...

Lindo !!!
É verdade amiga, amar demais é loucura, por isso, ando sempre com um pé atrás, nem demais, nem de menos, mas na medida certa, sem loucuras.
Grande beijo prá ti

Olhos de mel disse...

Oie Fernandinha! Eu também sofro desse mal. O meu amor é maior que tudo. Mas eu gosto porque sinto que ele também gosta de mim.
Bela poesia, se vista sim, minha amiga dessa loucura...
Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vc, como sempre, é o máximo! Tem algo no meu post de hj que vai agradá-la. Postei 2 coisas num post só. Vá lá, preciso dos seus comentários.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
RS: GOSTO DO SEU BLOG. QUANDO ESTIVER CANSADA, VIREI AQUI PARA RELAXAR!

Carmim disse...

Até o amor precisa de peso, conta e medida!

Um beijo.

LUZIMAR disse...

Olá querida amiga,que lindo poema, Amar é isso mesmo...Sem torturas nem prisões.

Como sempre super lindas as poesias.

Seus outros blogs são divinos.

Um grande beijo em seu coração.

adrianeites disse...

bela e, a meu ver, perfeita definição de amor!

xistosa - (josé torres) disse...

Já deixei um posto, mas algo o levou ...
Talvez a minha azelhice.

É incomensurável o amor e não se pode dominar.
Vive-se cegamente cada dia de prazer.
Por isso é que é prazer ... só é pena a vida ser tão curta, para tanto prazer.

Nilson Barcelli disse...

Há tantas formas de amar que nenhuma é igual às outras.
E também é possível amar como falas no teu belíssimo poema.

Sendo que cada uma das formas tem os seus aspectos positivos e negativos, mas tudo depende das pessoas objecto desse amor.

Beijinhos.

Agulheta disse...

Fernanda. Passo para agradeçer a visita,e deixar um abraço de amizade e beijinho fica bem. Lisa

efvilha disse...

Sei não, Fernanda.
Amar, parece-me, exige sempre um desalinho.

Beijo de Paz, em ti, querida amiga.

maresia_mar disse...

amar sim mas não até à loucura...

deixo-te um beijo carregadinho de sol e muito carinho...

José Miguel Gomes disse...

Amor e tortura não rimam... Creio até que nem conseguem coexistir... :)

Fica bem,
Miguel

Angel! disse...

Olá minha querida!
É gostoso vir aquí...
Linkei você em meu blog.
Sou sua fã de carteirinha!
Amor é tudo de melhor...
Que podemos vivenciar!
Como diz um grande poeta amigo...
É voar na vida!

Carinho linda!
Bom fim de semana.

lua prateada disse...

"Amar e saber amar..não há mais bela loucura.." lindo Fernandinha...

Passei desejando um lindo fim de semana e dizer-te...aquilo que afinal bem sabes amiga...

Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas
ama as tuas rosas...
O resto é a sombra
de árvores alheias...
Beijinho prateado com carinho

SOL

Menina do Rio disse...

Não existe amor na medida certa... Amar por si só já é uma loucura!

Um beijo em ti Nanda

LuzdeLua disse...

Amor que nao for louco, será amor? Querer que o outro seja parte de nós. Lindo poema. Deixo-te um abraço e bons desejos para o findi semana.
Bjs

Suave Toque disse...

Será que existe amor na medida certa?

Eu espero que você tenha um belo amanhecer,
e que, amanhecendo, você desperte sorrindo...
E que, sorrindo, você siga o seu caminho.
Que em sua jornada de trabalho,
você siga contagiando todos a sua volta...
Que seu anjo da guarda sempre lhe acompanhe,
Espero que ao final do dia
antes do seu repouso,
você ainda tenha
ânimo para ler toda essa mensagem de novo...
Porque eu lhe desejo
um Bom Dia, Hoje,
Amanhã, depois, e sempre !!!

Beijos e um ótimo final de semana.

Suave Toque

Mário Margaride disse...

Querida Fernandinha,

Amar nunca é demais. Por vezes, o amor nos enlouquece, nos faz perder a razão e o descerenimento.

Todavia, amar sem ser amado, pode, isso sim, lavar-nos ao desencanto, e á frustração...

Belo poema!

Bom fim de semana!

Beijinhos doces

Mário

O Guardião disse...

Encontrar a medida, em uníssono é a fórmula mágica, mas são sempre precisos dois...
Bom fim de semana
Cumps

Agulheta disse...

Fernanda.Num "amar"de amizade deixo.
beijinho e bfs Lisa

© efeneto disse...

Afundei-me no por do sol
quando o disco vermelho
se enterrou no horizonte.
Mergulhei com ele a lua não me viu chorar.
Meu corpo petrificou-se
e uma funesta janela se abriu
no majestoso pulsar da terra.
Quando os teares do vento se acalmaram
e a luz da alma voltou
esfreguei os olhos e renasci diferente.

Encontrei finalmente a voz,
as palavras que me faltavam
e comigo carreguei as quatro estações.

A saudade é filha do mundo
que agora viaja cansada
nos tempos dentro de mim.
Sempre que chegar sem avisar
e quiser ocultar-me a luz
vou pisá-la de pés nus.


Desta maneira me penitencio pela ausência mas fica a promessa de um regresso em breve. Até lá e porque a amizade não tem ausência desejo um óptimo fim-de-semana na companhia de quem mais desejar.

O Sibarita disse...

Hum dona moça! kkkk Amar é, é? kkkk

Fenanda, amar é tudo na vida em qualquer circunstância, né não?

Belo poema!

Fez sua simpatia para Santo Antonio? Ah, não fez né? kkk Vá no sibarita ler sobre o Santo Antonio.

bjs
O Sibarita

Estrela do Sul disse...

Amiguinha, de passagem

Ouvimos falar que amigos...
são presentes de Deus.
Eu não tenho a menor dúvida
dessa realidade.
Em alguns momentos de nossas
vidas uma mensagem de um amigo
cai como bálsamo em nossos corações.
Agradeço a Deus pela sua vida, que hoje
faz parte da minha vida.

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

AMO COM LOUCURA ESSE SEU POEMA! E VC NÃO ATENDEU AO MEU CHAMDO NO ÚLTIMO POST. ESTOU PÉSSIMA HOJE, MENINA. POSTEI HJ SOBRE STARDUST, O MISTÉRIO DA ESTRELA E SOBRE A II PARTE DA DAMA E O UNICÓRNIO. VÁ LÁ E DEIXE O SEU COMENTÁRIO. SE AINDA NÃO PÔS COMENTÁRIO EM PARIS, EU TE AMO, APROVEITE A OCASIÃO.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
BEIJOS, CADA VEZ GOSTO MAIS DE VCS
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO

instantes e momentos disse...

Muito bonito, parabens
Maurizio

Lyra disse...

Fernanda, tens razão, mas encontrar a medida certa do amor é uma das tarefas mais difíceis para quem ama muito, muito, muito...

Beijinhos e até breve.

O Árabe disse...

Sábia receita, Fernanda... e muito bem transmitida! :) Boa semana.

Joseph disse...

Fernandinha
Olá

Que lindo este "AMAR DE MAIS É LOUCURA".
Poema que é o retrato do que deve ser o verdadeiro e salutar AMOR.
Gostei muito.

Beijinhos ternos, querida amiga;)

Alice disse...

sempre que venho aqui minha alma se enche de parazer em ler tuas palavras.

bjkas no seu coração

Ju disse...

nossa... é a mais profunda verdade! mas difícil é por em prática, não?
beijos!

Gerlane disse...

Sábias palavras em rimas e versos.

Uma ótima semana!

Beijos pra ti!

elvira carvalho disse...

Amar demais pode ser loucura, doença, o que você quizer. Mas em se tratando de amor, para mim é o tudo ou nada.
Um abraço e uma boa semana

maresia_mar disse...

Olá

hoje o meu blog é bébé..
bjhs e boa semana

Manuela disse...

É Loucura...posso dizer ...mas bendita essa loucura...de amar e de sofrer...
Fado lindissimo que tenho no meu blog A Taverna de Lisboa.
Apareça por lá.
Beijinhos

Manuela

Jorge P.G disse...

Ainda não tinha comentado este?!
Estava convencido do contrário.

Pois aqui está mais um poema de amor, de amor à solta, sem freios, livre e impetuoso. Pode ser uma das suas formas, sim.

Um abraço, Fernandinha.
Jorge P.G.

Maria disse...

O amor não tem conta, nem peso, nem medida...
Se tiver, não é amor...
E a loucura faz parte do amor, não é?

Beijos, Fernanda

LuzdeLua disse...

Sempre é bom reler teus poemas. Passando, deixo um abraço com carinho.
Bjs

Agulheta disse...

Fernandinha. Passo amiga para deixar beijinho e boa semana Lisa

SAM disse...

Uma bela semana, Fernandinha!Deixo-te um beijo afetuoso.

Menina do Rio disse...

Querida amiga, relendo-te e desejando que tenhas uma semana maravilhosa!

Um beijinho

Nilson Barcelli disse...

Como já comentei... deixo-te "apenas"

Beijinhos...

adrianeites disse...

Boa semana.! Bjs

Olhos de mel disse...

Oie Fernandinha! Passei para lhe ver e desejar boa semana! Beijos

Sandra Fonseca disse...

BRavo! que lindo, simples e direto. Diz tudo em poesia!
Beijo.

Nuno de Sousa disse...

Lindo poema amiga, que beleza de escrita tu tens, perco-me por aqui :-)
Bem miga hoje postei a foto em conjunto com o teu texto espero que gostes, eu adorei e tenho de te agradecer por ter numa foto minha um excelente poema teu, sinto-me mto honrado, brigada amiga.
E que tal gostaste do livro?
Pois é uma das fotos é a do Grifo, que é também teu agora também amiga.
Bjs grandes e uma boa noite,
Nuno de Sousa

Estrela do Sul disse...

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma óptima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Lyra disse...

Passei por aqui apenas para deixar um beijinho.

Até breve.

;O)

Mário Margaride disse...

Querida Fernandinha,

Passo por aqui, para reler este belo poema! E para desejar-te uma noite tranquila e serena.

Beijinhos doces

Mário

Deusa Odoyá disse...

Oi minha querida amiga Fernandinha.
Obrigado por suas visitas ao meu cantinho.

Amar é a coisa mais sublime e apaixonada de nossas vidas.
Nos entregarmos sem cobranças, sempre nos deixando levar aos devaneios da compreenção.
DEixando cair em atalhos de pontes estreladas.
Muita paz e amor em seu coração.
Belo poema Fernandinha.
Bom fim de semana com muita luz em seus caminhos.
beijos da amiga.

Zé Carlos disse...

Fernandinha

Estou preocupado com a sua ausência.... por favor dê notícias....
Bjs do ZC

belakbrilha disse...

Amar por amar aqui e além...

Amar também dói!...


bjos

LUZIMAR disse...

Bom dia querida amiga, voltei para ler de novo esse lindo poema.

Ele é lindo demais.

Estou com saudades.


beijos