sexta-feira, setembro 05, 2008

AMOR RENASCIDO


Entre Galáxicas meu Amor vislumbramos
nesta sofreguidão do espaço entre certezas
caminhamos novamente meu Amor com as tuas mãos
nas nossas mãos entrelaçadas sobre o peito.

Que idade temos meu Amor ?... Qual a idade
que os velhos do Restelo nos dariam meu Amor
se nos vissem assim juntos apaixonados
celebrando uma sonata de Chopin à luz das velas ?...

Artisticamente incendiadas meu Amor
por um raio lazer que ainda brilha nestas taças
onde comemoramos estes cânticos que se abraçam
nestes sons de uma sinfonia no começo.

Abriram-se todos os círculos que nos rodeavam meu Amor
neste início reiventado junto do Mar
neste sonho remoído por silêncios
nesta velhice sábia de enganos e segredos.

Beijemo-nos então meu Amor deliciosamente
tão deleciosamente Amor!...
Tão devagar!...

Vem daí meu Amor vamos dançar
nesta nossa primeira viagem interplanetária!...

Se Renoir nos visse meu Amor se ele nos visse
talvez os seus pincéis se colorissem novamente
e nos pintassem meu Amor assim dançando
neste ambiente familiar que redescobrimos.

Ou reencontrámos meu Amor no esquecimento
que tinhamos ao partir ao deslocar
afinal meu Amor valeu a pena
vamos ouvir Beethoven de novo meu Amor.

Podemos agora envelhecer neste Milénio
com um ramo de flores no meu regaço para distribuir
por todos estes anos que perdemos longe do Mar
por todos estes anos que perdemos meu Amor.

Sempre a sonhar Amor!...
Sempre a sonhar!...

Fernanda Costa

Lisboa, 5 de Setembro de 2008
Posted by Picasa

71 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Quem ama não envelhece tão facilmente...
Gostei de mais este teu poema, tal como dos anteriores. Continuas a escrever divinalmente.
Beijinhos.

elvira carvalho disse...

O amor não tem idade amiga. E um amor como descreve é eterno.
Um abraço e bom fim de semana

Alice disse...

Linda Fernanda !! vc sempre sabe como tocar o coração da gente !


bjkasssss

Agulheta disse...

Fernanda. Quem disse que o amor tem idade! eu digo que só ama quem sabe amar sempre,como mesmo calor do primeiro dia,o que será preciso é cultivar esse amor.
Beijinho BFS Lisa

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo poema, Fernandinha! Vc pode ir tranqüilamente apreciar o meu novo post no meu Blog, pois devido a problemas com essa joça desse computador, só fiz a crítica de um filme, mil vezes visto, que merece ser mil vezes visto de novo, e postei poemas. Conto com vc.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

O AMOR DE DEUS TEM VÁRIAS TRILHAS disse...

Fernanda Costa

AMOR RENASCIDO...prega a paz a união...lindo poema...o caminho...linda escrita.

Erika disse...

Amor, amor amor....
Tão bom...


Adorei!!

beijos

Ana Martins disse...

Olá Fernanda,
nestes 7 comentários já tudo foi dito em relação a este brilhante escrito.

Deixo um beijinho e votos de um excelente fim de semana.

rosa dourada/ondina azul disse...

Amor sonhado !
Gostei nuito :)))

Beijinho,

Mello disse...

O renascer do amor... é um poema terno, amoroso, tudo o que renasce torna-se mais forte.

Vive plenamente o teu amor renascido... és uma sortuda... nem todos conseguem viver uma experiência assim, tão linda...

Beijinhos e tudo de bom

Graça Mello

Ana Maria disse...

O amor não tem idade.
Por isso eu amo, danço e sonho.
Lindo poema interplanetário.
Beijinhos!

impulsos disse...

Que idade temos meu Amor ?... Qual a idade
que os velhos do Restelo nos dariam meu Amor
se nos vissem assim juntos apaixonados
celebrando uma sonata de Chopin à luz das velas ?...

Não importa a idade, apenas o sentimento maior que une duas almas companheiras e amigas, antes de qualquer outra coisa!

Beijo

EternaApaixonada disse...

O amor sendo eterno, nos eterniza também!
Lindo! (irei repetir sempre que aqui entrar, Fernandinha)
Que facilidade você tem em unir palavras em sonhos!
Bom fim se semana!
Beijos da Helô

LOURO disse...

Olá Fernandinha, depois dos comentários que aqui li, fico sem palavras, para comentar tão belo poema... Sublime!
Beijinhos deste teu amigo,
Lourenço

Ana disse...

Sempre a sonhar. Nas palavras que escreves e nas magníficas imagens que hoje nos deixas.
Um beijo, Fernanda.

Dois Rios disse...

Uma pintura de Renoir sob os acordes de Chopin. Assim é esse amor.

Belo poema, Fernanda.

Beijo,
In~es

maria m. disse...

um sentido poema de amor!

obrigada, Fernanda, pela sua visita ao meu sítio e pelas palavras de apreço.
boa semana.

Wilson Rezende disse...

Que lindo Fernanda, tenha um ótimo domingo, um grande beiiiiiijooooo.

Pena disse...

Linda Amiga:
Um poema muito doce e apaixonante.
Continue a sonhar com a beleza da vida. Ela dar-lhe-à toda a alegria que solicita fervorosa e lindamente num ápice.
Excelente versejar.
Terno. Numa pessoa fantástica.
Adorei!
Beijinhos amigos

pena

andorinha disse...

Temos sempre a idade do nosso coração. É ele que nos faz renascer quando se incendeia, assim como as tuas palavras mostram.
Um beijo, Fernanda.

Pelos caminhos da vida. disse...

O amor rejuvenesce.
Obrigada pela visita.
Um gde abraço amiga.

beijooo.

O AMOR DE DEUS TEM VÁRIAS TRILHAS disse...

FERNANDA,,,VÁ NO DESNUNDA E AVISTARÁ O IUNES...VÁ URGENTE GRANDE PSICÓLOGA VIRTUAL JÁ ACHEI MEU "CAMINHO"...VA´NO DESNUNDA DA SAM...POR FAVOR AMIGA VIRTUAL.
OUTRO PEDIDO ME AJUDE A ENCONTRAR A ALICE MATTOS DO BLOG RECORDAÇÕES EU PERDIR TUDO QUANDO EXCLUIR MEU BLOG NO DESESPERO E NA MINHA GRANDE VERGONHA...AGORA ESTÁ TUDO EM PAZ....EU SOU ONCOLOGISTA E NÃO PSICÓLOGO...MISTUREI COM MEUS SENTIMENTOS OS PROBLEMAS ME LEVANTADO FALEI ENTÃO AMIGA COM GRANDE FIRMEZA....ERA QUESTÃO DE FALAR ....MAS ELA RAIVOU-SE....AGORA ESTÁS TUDO BEM...VÁ´AO BLOG DESNUNDA DA SAM E ENTEDERÁ A CASA DELA FICA A DUAS HORAS DA MINHA.
IUNES BATISTA DOS SANTOS
GRANDE BEIJOS AMO VOCÊ E OBRIGADO PELO CAMINHO QUE DEUS TE DÊ MUITA LUZ DIVINA HARMONIA EM SUA CASA E PAZ EM TUDO QUE VOCÊ TOCAR E PROSPERIDADE FINANCEIRA.

Alfazema Azul disse...

Fotografias lindas. De prender a respiração. Tal como os teus poemas.

Beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernandinha:
Estou tão farta de tanta gente quer ver-me longe daqui, só não me expulsam porque não conseguem. Mas falam mal de mim, e eu fico sabendo, me tratam por nomes horrorosos, que acho que vou fechar o meu Blog, e isso é sério. Pois me questiono: vale a pena?
Renata

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia Fernanda!

Passei por aqui pra deixar meu BOM DIA pra vc e, admirar mais pouco essas belas imagens,fazem bem pro coração e pra alma.
Lindo começo de semana pra vc.

beijooo.

João da Silva disse...

Que lindo! Sem palavras...
Beijos!

Eduardo Aleixo disse...

Amiga Fernanda

É um lindo poema de amor. Com mar. Música. Pintura. Mãos dadas e dança. E a referência ao tempo, ao recomeço, como se o amor fosse eterno. E não será, assim descrito, assim sonhado, não é assim que ele deverá ser, amiga?
Beijo.
Eduardo

adrianeites disse...

poema tão belo como as imagens!

O AMOR DE DEUS TEM VÁRIAS TRILHAS disse...

Fernandinha, olá grande amiga...tudo bem?
Obrigado pela visita...eu fiz um outro texto gostaria do seu parecer como sempre brilhante,
beijos do amigo fiel...Iunes te amo mesmo não a conhecendo te amor
a paz de crito a todos o seus...

xistosa - (josé torres) disse...

Fernandinha

Estou com problemas no meu navegador de internet, o Mozilla Firefox e não percebo nada disto.
Mas não foi por isso que que vim aqui.

É que deixo os comentários e eles não aparecem.
Até já tive uma "conversa mais alto", com a Laura, porque pensei que me tinha censurado o comentário, afinal não estava lá nada ...
Hoje vim dar uma volta e verifiquei o mesmo.
Estou de bem com a minha consciência, porque não tenho obrigações, aliás ninguém as tem ... mas gosto de ler e deixar uma palavra.

Só poderia ser uma sonata pintada neste espaço sideral, onde o amor tudo une e de mãos dadas, retroceder as páginas do tempo.
O amor é assim, não se lhe nota a idade, talvez à beira mar se possa retornar.
Comecem por erguer as taças e acabem com uma sinfonia.

mundo azul disse...

Amor é energia e essa, não tem idade... Tem apenas intensidade!


Bonito!!!


Beijos de luz e o meu carinho...

tulipa disse...

Apetece-me!
Pegar em mim e ir por aí...

Mas...
ainda não é este ano que vou aos Açores!!! Vou fazer todos os possíveis por ir na próxima primavera.

Eu convido para umas subidas e descidas ao som do jazz!!!

Beijinhos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernandinha:
Vc sabe que eu estava prestes a fechar o meu Blog, devido a línguas maledicentes, e só não o fiz porque recebi a solidariedade dos amigos, inclusive a sua. De quebra, fiz novo post, mais ousado. Apareça, querido, vc será muito benvindo.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
Um beijo,
Renata

De Amor e de Terra disse...

O enamoramento, a dança, que mais é preciso para que seja BOM?!

Beijos e obrigda pela visita e votos.

Bjs.

Maria Mamede

Baby disse...

Coração que ama não envelhece nunca, pois se renova a cada dia.
Um beijo.

Cristina disse...

Amor seja ele qual for e em que idade for é sempre um sentimento muito forte em qualquer idade e circunstância.
muito lindo Fernanda.
Beijos até breve

Jardineiro de Plantão disse...

Belo e lindo poema de amor... ficaria bem se musicado... muito elegante a forma como transcreve o amor.

Abraços

Dois Rios disse...

Oi, Fernandinha querida,

Você e as suas poesias de encantar.

Como já diz um verso de Vinícius de Morais, "o amor vê envelhecer mas não envelhece."

Beijos, minha flor,
Inês

Gerlane disse...

Muito, mas muito bonito mesmo o teu poema, a tua declaração!

Beijos pra ti!

O Árabe disse...

Belo poema, Fernanda! O amor sempre será a nossa mais bela inspiração... :0 Boa semana, amiga!

António Inglês disse...

Fernandinha

Ora viva minha amiga. Cá estou a desejar que tudo esteja bem consigo.
Gostei do que li e apenas lhe posso dizer que nós poderemos envelhecer, o amor nunca pois quando é verdadeiro, renova-se a cada momento.
Um grande abraço de saudades.
Espero que me perdoe tamanha ausência
António

Pena disse...

Linda Amiga:
Um belo e fantástico poema que parece um quadro pintado muito perfeito e muito belo. Extraordinário.
"...Se Renoir nos visse meu Amor se ele nos visse
talvez os seus pincéis se colorissem novamente
e nos pintassem meu Amor assim dançando
neste ambiente familiar que redescobrimos..."

Lindíssimo. Perfeito.
Beijinhos.
Adorei.
Sempre a ler o que escreve maravilhosa e sensacionalmente

pena

Nilson Barcelli disse...

Como já li (mas reli, porque gosto do poema), deixo-te "apenas"
Beijinhos.

gaivota disse...

e fico-me a sonhar
e volto a sonhar
e deixo a ilha nos meus sonhos...
e os meus amigos!
beijinhossssssssssssssssss

Multiolhares disse...

porque amor e intemporal e vive na eternidade, nao tem idade,podemos sempre o pintar com as cores da paixao
beijinhos

paula barros disse...

Sonhar o amor.
Com o amor sonhar
Para viver belos sonhos
Sonhos possíveis de serem sonhados.
Belo poema.

abraços

J. ROBERTO BALESTRA disse...

Nanda, o amor lhe vive mesmo inteiro, eu sei. Mas quando a vejo escrevendo o Amor em sua forma maiúscula, imagino o quão esse "Amor" lhe diz à alma, ao espírito, aos seus passos, e ao ar que respiras... Esse é realmente o SEU AMOR ETERNO! PArabéns por mais essas tão bem alinhavadas letras d'amor.

bjs.

São disse...

Fernandinha, gostei do poema, claro...mas o canal e o Pico sob o luar maravilharam-me!!!
LINDO!! LINDO!! LINDO!!
Um abraço , grande.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Amiga,lindo poema... Beijinhos,
Susy

C Valente disse...

Linnndo
Saudações amigas

pin gente disse...

vamos dançar, encostadinhos
o teu peito no meu, bem apertado
meu amor, numa dança corridinhos
com o rosto coladinho lado a lado


um beijo, fernandinha

elvira carvalho disse...

Amiga, o blogue amigos, não é nenhum blog. Trata-se de uma extensão do Sexta onde tenho os prémios e fotos que tinha no Sexta.
Porque o blog estava muito pesado e estava toda a gente a queixar-se que não conseguiam abrir o Sexta.
Mas se quiser ver, no Sexta, por baixo dos links, está um selinho do Sexta. Clica lá e vê.
Um abraço

Espaço do João disse...

O amor não renasce. Ou nasce e fica para a eternidade ou nunca houve amor. Amor é fogo que jamais se apaga, é chama que se sente e não arde, é brisa em nossas faces , é o amanhecer resplandescente. Podemos amar e não ser amados.

Olhos de mel disse...

Oie linda! Que importa idade? O coração não conhece isso. Seja feliz, minha amiga! Isso é o que vale. Linda poesia, viu? Cheia de encantos como o próprio amor. Belas paisagens!
Bom fim de semana! Beijos

O Guardião disse...

O sonho comanda a vida, e o amor não envelhece, antes amadurece.
Bfds
Cumps

SAM disse...

Ah, Fernandinha...Que maravilha! Nos faz sonhar...Mais parece um cântico o teu poema

Grande beijo,querida

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Nossa, que poemão, Fernanda, mas é lindo como sói acontecer com todos os seus poemas. Querida, muitos me incentivaram a não fechar o Blog, então fico, não sei até quando. O post que fiz hj é ainda maior do que de costume porque no fim o enchi de flores. Que cada qual pegue a sua e a leve de lembrança.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

joão m. jacinto & poemas disse...

Belíssimas fotos para ilustrar o mui nobre sentimento, renascido!
Tudo o que vivo, reflecte as profundezas de mim!

Tudo de bom, Fernanda!

Abraços poema,

joão jacinto

Baby disse...

Querida Fernanda, apreciei o teu comentário, mas não acredito que não conheças o autor do poema que postei. Albino Santos é o nome do nosso tão conhecido e apreciado "frog", que infelizmente fechou o seu blog já há tempo e nos privou de tão belos poemas.
Beijinhos, com votos de bom fim de semana.

C Valente disse...

Saudações amigas com um beijo e bfs

C Valente disse...

Saudações amigas com um beijo e bfs

santosmadruga disse...

Fernanda:
Não sei porque tanta admirão.
Será que todos esses comentadores desconhecem a tua origem?
Não sabem que és de uma ilha de poetas?
Onde o horizonte nos faz sonhar, e a "musica" do mar nas rochas, nos embala?
Só o Faial e sua volvencia nos dá inspiração.
Um abraço de parabens.

santosmadruga disse...

Rectificando:
Não sei porque tanat admiração

Zé Povinho disse...

O amor bem pode ser comparado a uma sinfonia que nos faz sentir e sonhar.
Bom fim de semana
Abraço do Zé, que volta devagarinho.

Luiz Caio disse...

Oi Fernada! Como vai?
Será que existe amor na eternidade? Se existir então haverá um consolo ao menos na morte! Mas vou amar o quanto puder por aqui mesmo... Se depois houver mais amor, continuo!

TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!
UM GRANDE ABRAÇO.

Agulheta disse...

Fernanda.Pequenas palavras bastam para se dizer,amizade. Pois a mesma me trouxe aqui e deixar bom fim semana.
Beijinho

O AMOR DE DEUS TEM VÁRIAS TRILHAS disse...

FERNANDINHA...TUDO BEM?
JÁ ENCONTREI MEU CAMINHO TÔ NAMORANDO UMA LINDA JOVEM DA MINHA CIDADE...CONHECI SABE AONDE? NA IGREJA.
OBRIGADO POR ME AJUDAR A ME LEVANTAR...ESTAVA MUITO PARA BAIXO E SÓ ME MACHUCANDO....CAIU A FICHA...ACORDEI AMIGA....NUNCA É TARDE...NÃO PODE É DEIXAR A PETECA CAIR.
BOM FINAL DE SEMANA E A PAZ DE CRISTO PARA VOCÊ E A SUA FAMÍLIA...FELICIDADES.

elvira carvalho disse...

Passei. Para deixar um abraço e desejos de um bom fim de semana.

C Valente disse...

Bom fim de semana
Saudações amigas com um beijo carinhoso

Vieira Calado disse...

Obrigado, miga, pelas palavras deixadas no meu blog.
Beijinhossss

Miguel o cara. disse...

Oi,
nossa seu blog e bem
legal,tem uns poemas bem
bonitos.
entra la no meu,
comenta la.