quarta-feira, agosto 27, 2008

ENCANTAMENTO!...

Na praia, pelo Sol, eu fui beijada
como só beijar sabem os amantes...
Com a Alma aquecida e a pele doirada
pensava que era jovem como dantes.

E pelo calor estonteada,
recordava momentos delirantes!
Então, mais do que nunca deslumbrada
vibrava com os seus raios palpitantes!

Pensei que se assim fora a eternidade
não teria, jamais, a faculdade
de recordar momentos bons d'outrora!

Oh Sol, que és a fonte da existência!
Quero viver contigo a tua essência
e sentir que o "dantes" inda é "agora".

Fernanda Costa

Lisboa, 27 de Agosto de 2008
Posted by Picasa

55 comentários:

Menina do Rio disse...

Amiga Fernanda, eu adoro ser beijada pelo Sol. É uma sensação maravilhosa essa!
Que belos momentos descreves aqui.
Um doce encantamaneto!

Beijinhos

Jardineiro de Plantão disse...

Ao melhor estilo de Florbela..

Com a Alma aquecida e a pele doirada
pensava que era jovem como dantes.

E pelo calor estonteada,
recordava momentos delirantes!

Parabéns Fernanda pelo riquíssimo poema

Abraço

Zé Povinho disse...

Bonito soneto, com o Sol como fonte de vida. A harmonia que se consiga com a natureza proporciona sempre belos momentos, afinal fazemos parte dela.
Abraço do Zé

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada pela visita!

Poema e imagens encantadores.
Só poderia vir de vc mesma Fernanda.

Um lindo dia pra vc.


beijooo.

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

Quão maravilhoso é, ser beijada pelo sol, pelo seu brilho, pelo seu calor!

Belo poema!

Beijinhos com muita ternura e amizade.

Mário

LUZIMAR disse...

Olá querida amiga, passando por aqui para me deliciar com suas palavras poeticas.


Ser beijada é muito bom, tanto pelo sol,Lua,ou um verdadeiro amor.
O beijo nos faz sentir felizes.

Beijos carinhosos de amizade.

renata disse...

Olá Fernada, és uma sonetidta de mão cheia, adorei o site!!!
beijos
renata

Paulo disse...

Linda foto com poema a condizer.

rosa dourada/ondina azul disse...

Ser beijada pelo Sol, que felicidade :)))


Belo poema nos trazes !


Beijinho,

Sonia Regly disse...

Fernandinha,
Obrigada pela doce visitinha. Seu Blog também é lindo!!! Eu vou linká-la, mas como nçao sei, dependo de minha filha para fazer isso pra mim. Beijinhos de amizade e volte outras vezes.

Espaço do João disse...

Fernandinha.
Fico muito grato pela lembrança do aniversário do Espaço do João. Seus poemas são libertadores da alma. Eu adoro flores e, os girassóis como poderá aperceber-se teem lugar no meu castelo. Ou não fosse Madeirense! Os semeados este ano foram hibridos, alimento para os passarinhos e gaudio para meus olhos. Foi um favor que fiz a mim próprio, pois este ano não atacaram as uvas como nos anos anteriores. Para o próximo ano farei nova sementeira em terreno apropriado propositadamente, visto as roseiras terem sofrido muito com a sua sombra e paparam sua alimentação. Um fraterno beijo João.

mundo azul disse...

...que delicia! Viajei no seu poema... Lindo!


Beijos de luz e o meu carinho, querida Fernanda... ( são apenas versos...)

Baby disse...

Também gostaria de sentir que o dantes inda é agora...
Mais um lindo soneto da Fernanda que nunca desmerece o nome (& Poemas)...
Beijinhos amigos.

Mello disse...

Olá, querida Fernanda!

Adorei o poema! Ainda bem que na vida sentimos o encantamento!

Vou voltar à Horta, em breve, a minha cidade favorita, a nossa Hortinha!

Beijinhos,

Graça Mello

Olhos de mel disse...

Fernandinha, linda demais, viu? Esse beijo é que traz energi, luz e calor. E lhe deu essa inspiração maravilhosa!
Beijos

Dois Rios disse...

" o dantes inda é agora."

para quem ama é sempre assim.

lindo poema, fernanda!

beijo,

inês

Gui disse...

O sol é um sortudo, não achas Fernanda? Mais um belo sonetao da tua marca. Um beijo, mas depois do sol duvido que o aceites. Estás habituada ao melhor. Desculpa a brincadeira.

adrianeites disse...

o sol é fonte de vida, de harmonia, luminosidade!....

bj

José Miguel Gomes disse...

O Sol, esse amante menosprezado :)

Fica bem,
Miguel

Pena disse...

Linda Amiga:
Proporcionou-nos um belo momento de poesia magnífica.
Tem uma Alma sensível, doce e maravilhosa.
Quando admiravelmente diz:
"...Na praia, pelo Sol, eu fui beijada
como só beijar sabem os amantes...
Com a Alma aquecida e a pele doirada
pensava que era jovem como dantes..."

Lindo!!!!!!!!!!!!
Imenso. Adorei, com sinceridade, amiga.
Bem-Haja!
Beijinhos de pasmo e amizade que respeitam muito.

pena

gaivota disse...

fernandinha querida, dantes inda é agora...
ah pois é!
é encantamento, sempre
tu sabes como contá-lo...
beijinhos com todo o carinho
da nha praia, do mar do meu areal...

poetaeusou . . . disse...

*
fenandinha
,
beijos de sol
são vibrações palpitantes
são vicios de amantes
são tactos dourados
sentires dseslumbrados
de luzento farol
,
conchinhas
,
*

Marta disse...

Viver intensamente...
Beijar e ser beijada pelo sol....
Momentos infinitos...
Lindo...
Adorei...
Obrigada pela visita...
Até já
Beijos e abraços
Marta

Osvaldo disse...

Cara Fernanda;
Para além das maravilhosas fotos, também escreves poemas sublimes...
Foi bom ter descoberto os teus blogs.
bjs

Ana Martins disse...

Fernandinha,
os momentos em que o Sol nos beija são sempre deliciosos.
Lindo, aliás mais um lindo soneto!

Beijinhos, Ana Martins

Ana Martins disse...

Fernandinha,
os momentos em que o Sol nos beija são sempre deliciosos.
Lindo, aliás mais um lindo soneto!

Beijinhos, Ana Martins

paula barros disse...

Ah! Sol
Que poesia linda fez Fernandinha escrever e imaginar esse beijo.
Lindo poema!
O sol fonte de muita energia.
abraços

flamenguista roxo disse...

FERNANDA, tudo bem amiga?

Essa poesia é sintoma de alguém apaixonada...hum.
Linda ame o máximo amiga e reparta conosco.
Beijos no teus coração.

elvira carvalho disse...

Cada dia os seus poemas estão mais bonitos.
Um abraço

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernandinha:
Vc não se importa seu publicar este seu lindo soneto no meu próximo post coletivo, importa-se? Aliás, vc não foi visitar o atual? Disse-lhe algo que a ofendesse? Publiquei um poema da Menina do Rio, do Outono, mas vc tem que ir lá para ver e vou roubar-lhe este soneto lindo, para o próximo. Estou à sua espera.
beijinhos,
Renata

Jac C. disse...

Olá querida Fernanda adorei o teu texto...
Carinhoso abraço,
Jac C.

Bandys disse...

Fernandinha,

Seus poemas são lindos!

O sol como fonte de energia, lindo!
Parabéns amiga
beijos

****************(¨`·.·´¨) (¨`·.·´¨)************
*****************`·.¸(¨`·.·´¨)..·´*************
********************** `·.¸.·´*******************

Essência Pura disse...

Te agradeço a visita e te digo que estou encantada com os teus blogs (todos)...São lindos...Parabéns

Retorno em breve

Feliz dia

Miriam

Sr do Vale disse...

Fernanda, eu diria que esse é um namoro com o Sol.
Que dificuldade para eu saber em qual blog seu entrar, são muitos, isso torna difícil, resolvi entrar neste, mas também passei pelas belas fotos de Açores.

Obrigado pelas visitas ao Partículas dos Sentidos.

sagitario disse...

olá fernanda,
já fui muito feliz no Faial, pois passei lá umas férias inesqueciveis, quando lá cheguei é que tive a certeza que Deus passou por lá e deixou tanta beleza.
Já disse várias vezes que não sou nem de perto nem de longe poetisa, isso deixo para quem sabe, porém gosto de pintar o céu e é da maneira que sei e gosto.
A Renata, o caso dela prendeu-me e tocou-me muito e agora já não consigo não saber como ela se encontra, mas felizmente já está melhor e vai ganhar esta luta.
Obrigada pela visita ao meu modesto cantinho e continue a deliciar-nos com os seus belos poemas.
um abraço de amizade

Estrela do Sul disse...

Ola amiguinha. Voltei.

Lindo poema. Adorei

“Para você o carinho
da minha amizade"

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

J. Monteiro disse...

Querida Fernanda, como é bom ler os teus poemas lindos, sempre com a mensagem de amor...adorei o teu soneto, como adoro todas as tuas poesias.
Bom fim de semana
bjos
J. Monteiro

tempoparaamar disse...

Ser beijada pelo sol,e então com um destes da foto,ummmm...
Beijinhos amiga Fernanda e bfs.
Salomé

luar perdido disse...

Minha querida Fernandinha depois de uma ausencia grandita,venho deixar-te um beijinho imenso e deliciar-me outra e outra vez com as tuas palavras! Belas e sentidas como sempre minha amiga!
Já tenho coisas novas no lágrimas, espero a tua visita.

Beijinho doce e grande e votos de um optimo fim de semana.

p y b disse...

Lindo poema de tão verdadeiro. O Sol é realmente o melhor amante.
beijinhos e bom fim de semana.
Elisabete

Alice disse...

Tuas palavras me encantam !!!

bjkas e um lindo final de semana

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernandinha:
Fiz postagem nova e esta sua linda obra está lá. Aperte a tecla "Page Down" e pare onde bem lhe aprouver. Se tiver interesse em mais coisas, volte outro dia, pois o post não vai sair de lá.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
No final do post, há uma casinha, um banquinho, depois quem quiser pode ir ao meu castelo.

Ana Maria disse...

Fernandinha, obrigada pela visita.
Cada vinda nesse cantinho é um encantamento.
Beijinhos.

gaivota disse...

fernandinha querida
então, enquanto inda é agora, um feliz fim de semana!
beijinhos com todo o carinho

xistosa - (josé torres) disse...

Felizmente que foi um beijo amante.
Perdemos as forças ... a orientação ... a noção de quem somos ... mas as palavras brotam deslumbrantes.

Os elogios até ficam mal em tanta qualidade!

Um bom fim de semana.

Fernando Rozano disse...

a plenitude da vida em palavras ricas e de muito significado. texto muito bonito. meu abraço.

LUZIMAR disse...

Bom dia querida amiga ,bom demais recebê-la em nosso cantinho.

Beijos e tenha um final de semana dos Deuses, também em um lugar tão lindo como esse não tem como não ser lindo o final de semana não é mesmo?

Te gosto muito.

renata disse...

OI fernanda, minha amiga da lira afinada...
Obrigada pela tua visista ao letra e Fel...
Olhe estará em Vitória um conterraneo seu, professor da Faculdade de letras do Porto, o nome dle é Pedro Eiras, conheces?
Ele fará uma palestra sobre poesia portuguesa
abraços
renata

João da Silva disse...

Delícia de soneto... fui à praia com você, vi a cena, vi sua alma naquele instante e... fotografei. Fotografei a sua fotografia.
Beijos, muitos, muitos, do João

Ana disse...

Beijo do Sol que aquece a Alma e doira a pele.

É sempre um encantamento vir ler os teus poemas.
Um beijo, Fernanda.

© Piedade Araújo Sol disse...

um belo soneto.

eu não sei porque, mas ainda nao explorei bem a maneira de escrever em soneto.

um beij

Ângela disse...

Encantamento....
Encantada fiquei eu ao ler essa lindeza!
Beijos

Gui disse...

Há beijos que têm o condão de nos fzer reviver o passado. Os do sol é um deles. Um beijo minha amiga.

alberto disse...

É um encantamento mesmo! é ler, devagar, devagarinho!...repetir....repetir...sentir...sentir...! pensar...amar!

alberto disse...

É um encantamento mesmo! é ler, devagar, devagarinho!...repetir....repetir...sentir...sentir...! pensar...amar!