domingo, maio 17, 2009

!... ETERNAMENTE JOVEM...!




Fotos das Ilhas Açoreanas!...


Mocidade, que vives dentro de mim!
Porque teimas em não me abandonar?
Não aceitas que tudo tem um fim?
Não vês que já é tempo de parar?

Porque queres minha alma p'ra jardim
Com suaves odores de inebriar?
Porque queres dentro dela o teu jasmim
Sequioso, a pedir para o regar?

Repara, que se a seca é muito grande,
Não há água corrente que a abrande
Somente quando a fonte é novidade!

Longínqua mocidade! Ah!, se eu pudesse,
Reviver o que em sonhos me acontece!
Era jovem até à Eternidade!!!

Soneto & Fotos

Fernanda Costa

Lisboa, 17 de Maio de 2009

Posted by Picasa

75 comentários:

Ana disse...

E vais ser jovem até à eternidade minha querida Fernandinha, tenho a certeza, acredita em mim.
Lindíssimo poema pleno de juventude na alma. Adorei!
Adorei também as belíssimas fotos dessas Ilhas que te inebriam.
Um grande beijinho e um restinho de Domingo muito feliz!
Ana Paula

gaivota disse...

andas fugida, maninhaaaaaaaaaaaa
as fotos, os açores, o peoma num hino à juventude que temos dentro de nós!
revivendo os sonhos de ontem vamos chegando num amanhã, sempre com a mesma juventude dentro de nós!
boa semana
beijinhossssssss

O QUATORZE disse...

Olá. Boa tarde
Qualquer "Ser" pode ser jovem se assim metalmente o crer, nunca se deve deixar perder o sentido de liberdade de o poder Ser.
LUIS 14

Céu Vieira disse...

Olá querida Fernandinha, é verdade, o que é feito de si?
Tenho pensado todos os dias em si, só aparece de quando em quando! Maravilhoso poema com umas não menos maravilhosas fotos!
Nunca é tarde para renascer! Somos jovens eternamente sim!
Parabéns e obrigada por mais esta postagem.
Beijinhos e boa semana querida amiga

SAM disse...

Que a mocidade sempre viva dentro de ti, Fernandinha. Lindas fotos.


Beijos e linda semana.

Dulce disse...

Fernandinha,

que poema mais lindo, mais tradutor do que me vai na alma!... Minha querida amiga, que sensibilidade!...
E as fotos, como sempre, de tirar o folego de tão lindas. Parabéns.
beijos

Dulce

Aidinha disse...

Fernandinha

Lindo o seu poema, cheio de sensibilidade e juventude.

É sim, cheio de juventude!
Você clama pela mocidade, mas o faz com o mesmo vigor da juventude que ainda está intacta dentro de você.

E aí a gente descobre que não consegue envelhecer.
Felizmente é assim e a vida se transforma porque temos dentro de nós, bem guardado, tudo o que vivemos e o que não foi possível viver, mas sabemos avaliar até onde tudo valeu a pena.

Não sei como você vive esse processo, mas eu só me dou conta da idade que tenho, quando mando um recado para as minhas pernas e elas já não me obedecem

Fico muito feliz de poder ler os seus poemas e curtir as suas fotos tão lindas!

Beijo
Aidinha

Emanuel Azevedo disse...

Obrigado por nos dares estas espantosas fotos. Cores lindas, enquadramento perfeito. Parabéns e um abraço.

Liar disse...

Enquanto escreveres assim Fernandinha,teras a juventude dentro de ti,enquanto fotografares assim sonharás, serás uma fonte se inspiração.

Bjinho

Céci

manuel marques disse...

A sensibilidade e a imaginação conservam a mocidade imortal da alma .

Um grande,grande beijo querida amiga.

Bandys disse...

Querida Fernandinha,
Tanto seu blog de poesia, como de fotografia parace uma magia, é uma alegria..

Beijos e uma semana de muita paz!

Tudo lindo por aqui

Izinha disse...

oi querida Fernandinha,

no fundo sempre temos uma eterna criança dentro de nós.

as fotos são lindas, como sempre...

q sua semana seja muito especial!

bjos com carinho!

Wilson Rezende disse...

Lindas fotos Fernanda, beijos.

José Heitor Santiago disse...

E és uma jovem linda e escreves cada vez com mais sabedoria e maturidade!

Uma boa semana, Fernanda!

bjs

O mar me encanta completamente... disse...

Minha querida,
Amei cada momeo qu passei
aqui t lndo e admirando
tão lindas imagens.
Gosto muito da brisa que
encontro no seu cantinho.

Beijinho

xistosa - (josé torres) disse...

Fernandinha

Além das sempre belas fotos, um poema em que me revejo.
Sou eternamente maluco, como diz a minha mulher.
Mas o que hei-de fazer?
Agora é tarde para me modificar.
Por isso vou morrer jovem e agora com o coração renovado, ainda mais esperanças tenho.
Fui operado e por isso não tenho aparecido.
Estou em convalescença.
Mas o vício da Net ficou cá em embrião.

Ainda não estou a 100 %, mas não posso deixar de visitar os amigos.

Até já ...

Ana Martins disse...

Querida amiga,
a juventude está dentro de nós, e isso prova-o o teu lindo soneto!

Beijinhos,
Ana Martins

paula barros disse...

Oi, querida Fernanda, lindas palavras....abraços e ótima semana.

Pelos caminhos da vida. disse...

Querida amiga Fernanda!

meu blog esta em festa comemorando um ano,tem presente la pra vc.

beijooo.

São disse...

A beleza é sempre jovem e quem a sabe apreciar como tu... também.

Um grande abraço, linda!

Helena disse...

Soneto perfeito! Lindissimo! Parabéns! Curioso, cara Fernanda, ainda ontem postei no meu blogue um poema em que fui destinguida e cujo mote tem precisamente o tema da idade. Se quiser visitar o meu blogue, eu agradeço. Cheguei ao seu, através dos comentários do blogue de Efigénia Coutinho.
Bem haja pela sua poesia onde transparece a sua alma, onseguindo ao mesmo tempo esmerar-se para torná-la tão sábiamente construída.
Cumprimentos
Helena

LOURO disse...

Querida amiga Fernandinha,

Fotos lindas!!!
Com mais sabedoria e maturidade, és uma linda jovem a escrever com alma sonetos com este que nos ofereces.

Beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

José Rasquinho disse...

Mais um lindo soneto!
Parabéns amiga pelas tuas sempre belas palavras e fotos!
Passar por aqui faz bem à alma!
Bjinho.

Daniel Costa disse...

Fernanda

A mocidade não está tanto em anos passados, mas na mente cada qual. Há que viver sempre a pensar como se não nos tivessemos a aproximar da inevitabilidade do fim.
Beijinho,
Daniel

Paula Raposo disse...

Lindas fotos, lindas as palavras! Sempre jovem...muitos beijos.

Tatiana disse...

Um soneto maravilhoso e revelador!
Fernanda... se és capaz de sonhar... poderá realizar...independente da idade!

Um grande beijo com a minha admiração!

Luiz Caio disse...

Oi Fernanda! Como vai?

O corpo envelhece, mas o espirito não... Não precisa envelhecer!
Continue sendo tão jovem, como quando ainda tinha os seus vinte anos! Continue assim, o quanto seu estado de espirito lhe permita!

TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!

BEIJOS.

Angela Guedes disse...

Oi Fernandinha!!!
Obrigada pelo encantamento dessas palavras.
Destaco o trecho que mais me tocou:
"Longínqua mocidade! Ah!, se eu pudesse,
Reviver o que em sonhos me acontece!
Era jovem até à Eternidade!!!"
Boa semana, amiga.
Beijos
Ângela

Andradarte disse...

Fico sempre preso, na qualidade
das imagens.
Por mim,ficaria eternamente Jovem
Beijo

Andradarte disse...

Acabei de correr toda esta frente,
bebendo sofregamente,toda a
beleza de imagens.
Maravilhosa qualidade realçando a
Natureza.
Beijo

Maria Valadas disse...

Querida Fernanda,

Belíssimo o soneto com que encantas ao ler verso a verso.

Tão verdadeiro que o transformáste em pérolas.

Uma boa semana para ti... querida poetisa.

Beijinhos

Cleo disse...

Lindo Fernandinha. Que esta leveza nas letras do poema te mantenha sempre jovem minha linda amiga. que seria de nós se esta chama não estivesse sempre acesa?
Beijos no coração.
Cleo

Obrigada pela visita.

Eduardo Aleixo disse...

Devias ester contente por teres uma alma alegre e que gosta de vestir-se de jasmim...
Que embirração te deu, rapariga, de não deixares a alma ser como é!
Sê alma, sê tu, agora, ouvindo o mar. Não há mais o passado, há dele apenas uma forma, uma imagem, mas agora o que há é o jasmim, a canção do mar, a cor azul do céu: e isso é sempre novo, novidade. Um beijo

Espaço do João disse...

Não creio que não sejas jovem. Seremos os jovens que queremos. Enquanto formos vivos, somos jovens... A mocidade não tem limites,enquanto o nosso espirito não envelhecer.

elvira carvalho disse...

A mocidade não se vê pelo BI. Ela está dentro de nós.
Gostei do poema.
Um abraço

Eurico disse...

Grato pela beleza que nos ofertas aqui.
Abraço fraterno.

Oliver Pickwick disse...

Ora, Fernandinha! Até pensei em enviar-lhe uma Barbie no Natal. :)
Mas, transitando pelas ilhas Açoreanas, por certo que o tempo custa mais a passar.
Um beijo!

Anónimo disse...

Olá querida!

Amei tudo aqui, beijos de uma ótima semana. Os poetas são eternos jovens.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernandinha, nada mais tenho a dizer dos seus belíssimos sonetos e fotos, que formam um conjunto muito harmoniosa.
Vim aqui para lhe dizer que tenho outro Blog, mas anuncio isso com tristeza porque fechei o Tristão e o meu amor zangou comigo. O nome é AMOR: http://blogrenataamorr.blogspot.com
Vai ser como o Feminina, só um pouco mais intimista.
Dê uma força para essa amiga.
Beijos,
Renata

Anita disse...

Amigos são como anjos que nos levantam nas pontas dos pés quando nossas asas têm problemas, lembrando-nos como voltar a voar!

Beijos.
Um dia abençoado.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Valter Montani disse...

Fernandinha,

Serás eternamente jovem,
pois, o espírito não envelhece
embora nosso corpo padeça
aconteça o que aconteça
quem verte do sangue a poesia
vive no mundo onde a paz e magia
protege os filhos da nobre arte.

Baby disse...

E com a poesia que existe dentro de ti, mais os sonhos por onde navegas, vais ser jovem até à eternidade! A juventude é algo intrinseco, não tem nada a ver com o invólucro exterior, que diga-se de passagem, no teu caso é lindo e colorido!
beijos.

Sereia Azul* disse...

Eternamente jovem!!!

É o elixir do sonho bordado em versos de seda que alma enverga que te permite seres eternamente jovem!

Abençoada sejas!

Um abraço de brisa marinha*

Agulheta disse...

Fernandinha! Adorei o soneto bem a teu modo, vais ser jovem sempre que o queiras,as rugas é só uma fase,a vida tem tudo basta olhar e ver o que escreves e sentes,(como sempre digo quando falam comigo) que culpa tenho de ter ideias de vinte e corpo de cinquenta?A juventude está dentro de nós amiga.
Beijinho fica bem

Viviana disse...

Querida Fernandinha,

Poetisa linda

AH! mas estas belas fotos dos Açores...

Que encanto!

E o poema!?

Fantástico!

Achi-o lindíssimo.

Parabens, boa amiga

E obrigada por partilhar estas belezas aqui conosco.

Fazem-nos muito bem...

Um beijo

viviana

Teresa Augusto Shanor disse...

Querida Fernandinha!!

A sensação de juventude que não quer nos abandonar, é exatamente pelo fato de que somos eternos e como tal nunca envelhecemos, apenas trocamos de roupa e voltamos com roupa novinha para continuar a nossa jornada!

Obrigada pela visita carinhosa.
Te adoro!! Beijos doces em tua linda alma!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

FERNANDINHA,OBRIGADA PELO APOIO,DESCULPE O DESABAFO NO BLOG,MAS ESTOU TENTANDO...O AMOR É LOUCO MESMO,ELE DIZ Q ME AMA...MAS SEI LA...VAMOS VER OQ VAI DAR..BJSSS

lane

Menina do Rio disse...

E seria maravilhoso! Viver uma eterna juventude!
beijos pra ti Fernandinha!

O Guardião disse...

Pelo optimismo que daqui emana, a juventude está garantida por muitos anos.
Cumps

Serena Flor disse...

Mas você será sempre jovem minha linda!rs
Fico babando com as fotos e com os poemas minha amiga.rsrs
Um grande beijo e ótima noite pra você.

Deusa Odoyá disse...

Olá minha estimada Fernandinha.
A juventude é muito linda, principalmente se conservamos o espirito jovem.
Seu poema é um doce, lindo.
As fotos dessa ilha de encantos e magias são magníficas.
Uma semana abençoada por Deus.
Beijinhos doces, minha amiga.
Regina Coeli.

Vieira Calado disse...

Ah, amiga, a mocidade!...

Lá se foi...

Agora há que viver o que temos!

Beijocas.

poetaeusou . . . disse...

*
jovem e linda,
,
jinos,
,
*

R.G. disse...

belas fotos

beijo perdido

SILÊNCIO CULPADO disse...

Fernanda

Os teus sonetos são um prazer lê-los.
Este está entre os melhores.
Por que havemos de ser velhos, Fernanda? Por que não deixar a alma esvoaçar, amar e sentir a correria do tempo como uma lufada de ar?

Abraço

Mário Margaride disse...

Querida amigos:

As saudades eram muitas, sentia a falta de escrever, de vos sentir, da vossa amizade. Mas era muito importante para mim este espaço de reflexão, esta paragem.

Muito obrigado, pelo apoio, pelo carinho e compreenção manisfestados, ao longo destes dias de ausência.

Bem hajam!

Beijos e abraços com muita amizade.

Mário

©tossan disse...

Gostei muito da poesia e da segunda foto! Tudo soberbo Fernanda. Beijo

Nilson Barcelli disse...

Tens a mocidade ainda dentro de ti e queixas-te...
Querida amiga, o teu soneto é magnífico. Pelo conteúdo, pela construção, pelas imagens poéticas que vais criando, etc., etc. Parabéns.
Um beijo.

Teresa Augusto Shanor disse...

Querida Fernandinha!!

Te deixando um abraço carinhoso e agradecendo o carinho em tua visita ao meu espaço.

Beijos em teu coração.

Pelos caminhos da vida. disse...

Não poderia deixar de passar aqui para te deixar um gde abraço amiga.

beijooo.

O Profeta disse...

Este mistério da luz
Incessantes são as marés da vida
Este tempo que corre firme em frente
Não há lugar na lembrança para a partida

Porque da próxima vez
Quero ser palhaço e brincar com a dor
Aprisionar a tristeza em balões de cor
Soltar as cordas que prendem o amor

Uma esplendorosa quinta feira



Mágico beijo

Maria Faia disse...

As ilhas açoreanas são mesmo uma tentação!...
Mas, hoje venho tentar-te a visitar o Querubim e assinar a petição em prol da liberladade na Birmânia. Também é uma óptima tentação, certo?

Beijo amigo,
Maria Faia

Pelos caminhos da vida. disse...

Um gde abraço amiga.

beijooo.

Ana disse...

A eterna juventude está na forma como sentes e escreves.
Um beijo.

Dois Rios disse...

A mocidade está para além da idade, querida Fernandinha. Está no querer da vida tudo que ela tem pra dar. Está na troca, na poesia e no amar.

Beijo,
Inês

p.s. belas fotos.

Anita disse...

Neste dia eu te desejo um sol diferente.
Que apesar de todas as dificuldades, apesar de algumas tristezas que insistem, que mesmo com essa montanha erguida, o sol possa ser teu presente mais doce.

Um maravilhoso fim de semana.
Beijos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha

A jovialidade está dentro de nós, independentemente do registo no B.I.

Lindo poema e lindas fotos, como sempre nos presenteias.

Bom fim de semana!

Beijinhos de grande amizade

Mário

Dulce disse...

Fernandinha

Há um lindo selinho esperando por você la no "Em-prosa-e-verso. Por favor, dê uma passadinha la, para retira-lo.
Bjs

Dulce

Multiolhares disse...

O corpo até pode estar a perder a mocidade, mas... a alma quem sabe se ainda é jovem
beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ai, que soneto lindo! E que fotos! Parabéns, não me canso de lhe dar parabéns!
Fernandinha:
Venho dizer que publiquei no GALERIA um post que é um conclame à paz. A começar pelo filme que foi feito na França em plena ocupação nazista. Também se baseia na lenda de Tristão e Isolda. Além disso, apresento a história de Pedro e Inês e faço, guardadas as devidas proporções, a comparação dela com a lenda de Tristão e Isolda. E, como não poderia faltar, há poemas, flores, imagens sobre a PAZ, e pinturas sobre TRISTÃO E ISOLDA.
Conto com a sua presença, pois esse saiu caprichado.
Um abraço,
Renata

Sonia Schmorantz disse...

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade. E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

Autor: Paulo Santana

Um lindo final de semana!
Abraço

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.

(Desconhecido)


Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl

rosa dourada/ondina azul disse...

Que essa mocidade continue em ti,
Que a juventude não te abandone...


Beijinho,

Poemas e Cotidiano disse...

Que maravilhosa poesia Fernandinha! E que divinas fotos!!!!!!
Um beijo carinhoso
Bom fim de semana
MARY

Príncipe Tito disse...

O Príncipe deseja a todos Blogamigos um alegre final de semana...