domingo, outubro 12, 2008

INTEMPORALIDADE !...


Meu Amor, porque havemos de gritar
as loucuras da nossa mocidade ?
Ainda é cedo para recordar,
porque nem tu nem eu temos idade !

Como o sol no seu leve declinar
esperando o devir da eternidade,
quero ser uma estrela a iluminar
a tua caminhada de saudade !

Depressa, não te faças esperar !
desejo ardentemente ser amada
tenho um coração grande p'ra te dar !

Quero trepar colinas de desejo !
Quero sentir tua alma inebriada !
Quero sorver um longo e terno beijo !...

Soneto & Fotos,

Fernanda Costa

Lisboa, 12 de Outubro de 2008

Posted by Picasa

81 comentários:

Duarte disse...

Fernanda, que fotografias! Que soneto!

Este tipo de poesia es algo que me fascina.
O soneto é um arte difícil para escrever versos e tu tens a arte de os descobrir para deleite meu. Obrigado

Beijos

Alice disse...

Uauuuu !! isso sim é paixão !!


bjusssssssssss

Mello disse...

Minha amiga, o teu poema está divinal!

Para que perder tempo... quando temos o mundo todo à nossa espera...

E não há melhor forma de viver o amor do que cair nos braços do ser amado.

Beijinhos,

Graça Mello

Ana Martins disse...

Olá Fernandinha,
Lindas fotografias e mais um excelente soneto, porque o amor é de facto intemporal...

Beijinhos e uma boa semana para ti.

Vieira Calado disse...

Oh, Fernandinha!
Você fez-me um elogio que quase corei...
Beijinhos muitos.

Bandys disse...

Fernadinha,
Não sei o que esta mais lindo se as fotografias ou a poesia.

Sei que estão belissimos!!
Parabéns!

SAM disse...

Fernandinha amiga,

lindo! Foto e poema! Seu jeito de escrever encanta....


Querida, que Nossa Senhora Aparecida e de Fatima te proteja e ilumine sempre!

Beijos

Maria disse...

Minha querida, para o amor não há idade, assim como o amor não tem também idade...
... como te percebo...

Beijinhos e boa semana, Fernanda

Pelos caminhos da vida. disse...

Como é bom voltar aqui,um cantinho iluminado,com belas imagens,e esse soneto de hoje,maravilhoso.

Boa semana que acabou de iniciar querida amiga.

beijooo.

C Valente disse...

lindo lindo lindo
Saudações amigas com um beijo

Maria Clarinda disse...

Como sempre as imagens do mar...como sempre o poema maravilhoso!!!!
Jinhos mil

LUZIMAR disse...

Bom dia querida amiga, saudades demais desse seu cantinho de amor e carinho.

Estive ausente por não estar conseguindo conectar aqui na chácara, mas espero que se tenha resolvido o problema.

Lindo demais o poema e amei a nova foto do perfil, Como sempre muito linda.


beijos no coração.

poetaeusou . . . disse...

*
a intemporalidade,
temporal,
,
jinos, envio-te,
,
*

gaivota disse...

ah parigaaaaaaaaaaa
que fotos! a 1ª então......
e o poemaaaaaaaaaaaa
bem!
desejo-te uma semana linda, cheia de sol e pas e alegria, como tu!
beijinhos

elvira carvalho disse...

As fotos são maravilhosas. Muito bem emolduradas pelo poema.
Um abraço e uma boa semana

Agulheta disse...

Fernanda. Pois o amor é intemporal,e em qualquer idade é bom amar e sentir o desejo. As fotos lindas da terra que amas,adorei.
Beijinho Lisa

Ana Maria disse...

Poema envolvente.
Foto belíssima!
Uma semana de sucesso.
Meus beijinhos!

Luiz Caio disse...

Oi querida amiga! Boa noite!
Os teus poemas de amor... O seu amor em teus poemas... Os teus poemas, e o seu amor...conduzem-me por um caminho suave!

BEIJOS.

Laura disse...

Ai...quem cantaa ssim; não é gago...como se diz..na maior beleza d epalavras que já li... Lindo, amei, adorei e gostei pois, mas que bom quandos e pdoe amar na nossa idade!...ai tempo, tempo, torna pra trás.... leva as coisas más e trás tudo de bom para quem não teve sorte no amor!...Eu e muitas como eu que com maridos ao lado, não vamos a nehum lado ehhhhhhhhh, beijinho da laura..

mariam disse...

Fernandinha,

este soneto é um perfeito hino de chamamento ao amor, esse amor...
parabéns! é lindo.

boa semana
um sorriso :)

mariam

ah! as fotografias, como sempre, adorei.

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

O amor e a paixão, não têm idade.

Estão, e estarão sempre, dentro dos nossos corações.

Belo soneto!

Uma excelente semana com tudo de bom.

Beijinhos doces

Mário

SAM disse...

Ótima semana, Fernandinha! Um beijão! Também te adoro, amiga!

Gerlane disse...

Nossa, amiga! Que soneto apaixonado! Gostei imenso!

Beijos e boa semana pra ti!

Alexandre disse...

«Como o sol no seu leve declinar
esperando o devir da eternidade,
quero ser uma estrela a iluminar
a tua caminhada de saudade !»

Fernanda, só alguém com muita sensibilidade pode escrever e expressar sentimentos tão bonitos! Parabéns, o teu poema está lindíssimo, como sempre! E as fotos fantásticas!!!

Muitos beijinhos! Bom resto de semana!!!

leonor costa disse...

Fernandinha, o teu soneto entrou-me na alma! Está maravilhoso...

" Meu Amor, porque havemos de gritar
as loucuras da nossa mocidade ?
Ainda é cedo para recordar,
porque nem tu nem eu temos idade !"

Bjs.

HOJE E AMANHÃ

Ana disse...

O tempo não existe, quando o amor se canta em palavras como as tuas.
Um beijo, Fernanda.

O Árabe disse...

Sentimento que passa intenso, nas palavras e nas imagens. Boa semana!

Uma Ilha disse...

Amiga Fernanda maravilhosas fotografias e um soneto para ler e voltar a ler.Andava por aqui para faze post novo quando recebi sua visita.Beijinhos amiga.Uma ilha

LuzdeLua disse...

Depressa, não te faças esperar !
desejo ardentemente ser amada
tenho um coração grande p'ra te dar !

Que lindo...
A transmitir felicidade
Passando, dixo-te um beijo com carinho

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fernanda:
Preciso que você vá com urgência ao meu Blog e ponha um comentário no meu novo post.
Renata
Se não fosse urgente, eu não a chamaria

Sonhadora... disse...

Os dois estão belíssimos e em conjunto fazem o amor flutuar e palavras e cair em nossos corações.

bjos!

paula barros disse...

Ofertando o coração...que oferta linda.
Muita emoção ao ler.
beijos

EternaApaixonada disse...

Fernandinha,
O amor nos faz sonhar e entrar em teu blog é sempre um momento muito amoroso!
Lindo soneto embelezado pelas fotos magníficas!
Beijos com meu carinho

Multiolhares disse...

lindas as fotos e amor é amor que dizer
beijos

Nilson Barcelli disse...

Como tu dominas tão bem o soneto...!!!
Este, como é usual no que escreves, é excelente.
Parabéns pela tua criatividade poética.
Beijinhos.

Véu de Maya disse...

Viva, querida amiga!

como é lindo...ver a vida expraiar-se na tua poesia onde ela respira de felicidade e de desejo...o teu poema é muito vibrante e canta bem o amor puro e sincero..gosto imenso de te ler...e desculpa se não te dou a atenção que mereces...mas há ouros blogues para visitar...

xi-poético

Madalena disse...

Gostei de ler.

O Amor é ainda o grande tema.

Bjinhos. :)

Gilbamar disse...

O soneto é a forma mais encantadora da poesia, unindo talento e inspiração. Encontrei os dois aqui.

Abraços.

Pelos caminhos da vida. disse...

Querida Fernanda!

Vim te agradecer pelo apoio e carinho,obrigada.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pelos caminhos da vida. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Oliver Pickwick disse...

Tão bonito quanto o conceito físico-matemático de Kurt Godel, de que o tempo não existe.
Um beijo!

Rosa Maria disse...

Fernandinha

Entre o poema e as fotos não sei o que escolhia. Certamente ambos!

Lindo!!!

Beijos

Paula Raposo disse...

Belíssimo post! As fotos são fantásticas! Muitos beijos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Querida Fernandinha:
Estou aqui para agradecer a força dada ontem e para lhe oferecer um POST DE PAZ.
Um beijo,
Renata
Apareça
Ah, esqueci de dizer-lhe: ontem li seu poema, belíssimo, e hoje o reli. Parabéns!

adrianeites disse...

sem duvida intemporal!

O Guardião disse...

É sempre tempo de amar.
As fotografias são condizentes com a beleza das palavras.
Cumps

Betty Branco Martins disse...

.querida Fernandinha



as fotos _______lindas!!!



e


um



poema_______maravilhoso








beijO

sofialisboa disse...

ai fernanda que dás cabo de mim com estas palavras e estas fotografias. bjs amiga

Carla Silva e Cunha disse...

Olá gostava que fosse a: arte-e-ponto.blogspot.com

C Valente disse...

Passei e deixo as saudações amigas com um beijo e boa noite

Perla disse...

Gostei de me perder por aqui!
Lindos poemas e lindas fotos!
Já temos duas coisas em comum:
O amor à poesia... e ao Faial.

Uma Ilha disse...

Não me canso de olhar estas imagens, só nós por aqui que temos destes cenários.Beijinhos, amizade e um ótimo fim de semana.Uma ilha

Agulheta disse...

Fernanda. Neste passar é para te deixar um doce olhar com amizade.
Beijinho

Zé Povinho disse...

Só me resta uma dúvida. será que é a beleza das paisagens que inspira a poesia e o amor, ou será o amor e a poesia que inspiram o olhar que fixa a beleza das paisagens?
Abraço do Zé

Pelos caminhos da vida. disse...

Passei aqui pra te dizer: OI

beijooo.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Fernanda
Efectivamente apelar aos tempos idos é entregar o tempo presente como algo de menos valioso. O tempo não tem tudo de mau e entre as coisas boas está sabedoria dum amor mais total, mais profundo com a consciência duma finitude que o torna mais intenso.

Beijos

C Valente disse...

Hoje dediquei mais tempo a rever todas as belas fotos, e como não podia deixar de ser deixara as minhas saudações amigas com um beijo e agradecimento pelas suas belas palavras

Manuela disse...

Lindo soneto bonitas fotos.
Escarpas agrestes, Portugal e a sua costa.
Beijinhos amiga, fique bem em Paz e com saúde se possível.
Manuela

xistosa - (josé torres) disse...

Sejamos sempre jovens e vivamos a irreverência que todos pensam que se perde.
Num alcantilado como o da imagem, ficamos sem fala ... então o que fazer ...?

joão m. jacinto & poemas disse...

Olá, Fernanda!

As ilhas e os amores!...
Belos poema e fotografias!

Bom fim-de-semana e poesia!

bj,

jj

LOURO disse...

Querida Fernandinha,que lindo é este teu soneto,isso sim é paixão! E como o amor é belo quando se ama!...E que beleza as tuas fotos.

Bom fim de semana.
Beijinhos

Louro

O Profeta disse...

Tão sentido...tão verdade...


Doce beijo

O Profeta disse...

Tão sentido...tão verdade...


Doce beijo

Luiz Caio disse...

Oi Fernanda! Boa tarde!
Passei apenas para desejar-lhe um lindo final de semana!

BEIJOS.

Templo do Giraldo disse...

Olá cara amiga estou de passagem para te deixar uns saudosos cumprimentos.

Nos ultimos tempos não tens dito nada, quando quiseres passa lá no meu espaço.

Bom fim de semana.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Coisa linda estes sentimentos!
Quem não adoraria viver estes momentos?

Carlos Rebola disse...

A legenda das fotos ainda as torna mais belas e dá-lhes sentido e vida, fora do tempo.
Um lindo soneto, obrigado por partilhá-lo.

Abraço
Carlos Rebola

mundo azul disse...

Lindas fotos, poema maravilhoso!!!
Parabéns, amiga! Gostei demais...


Beijos de luz e um final de semana muito feliz!!!

Iana disse...

Linda fernandinha
Passei para deixar-te um jinho carinhoso e um abraço..

desejo um mágico fim de semana
linda amiga...

beijos no coração
Iana!!!

EternaApaixonada disse...

Vim sonhar sonhos cor de rosa em sua linda página...
E desejar-lhe um fim de semana bem amoroso a vc, Fernandinha.
Beijos com meu carinho.

Olhos de mel disse...

Oie Fernandinha! Lindas fotos a ilustrar um belo soneto! Viva com intensidade esse amor, linda!
Bom fim de semana! Beijos

Alice disse...

Fernandinha !!

mil bjkas pra vc ... e saiba que suas palavras sempre me levam para lugares distantes !! é uma delícia viajar nelas !!


bjusssssssss

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem um festival de selinhos lá esperando por vc.

beijooo

Colibri disse...

Olá Fernandinha,

Que lindo poema... termo, suave, romântico... cheio de tons marítimos com essas belíssimas fotos... a convidar ao tão desejado e merecido beijo...

Beijinhos e bom fim de semana.

Colibri
------
As minhas últimas rapidinhas nos blogs…
Serás tu mesmo uma sereia?
Regresso em vôo de carga militar...
Macros do outro mundo (parte 1)

O Árabe disse...

Aguardando o novo post, desejo-te um bom fim de semana!

Joe disse...

Um poema muito bonito, e umas fotos fascinantes. Gostava de estar perante essas paisagens...

Ana disse...

Na Encosta do Mar há uma coisa para ti. Merecida.
Um beijo.

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

Passo por aqui, para reler este belo poema, e para desejar-te um excelente fim de semana!

Beijinhos doces


Mário

Menina do Rio disse...

Não vou justificar minha ausência, mesmo pq não caberia.
Adoraria ter estado por aqui, mesmo pq meu blog fez dois anos e eu nem estava aqui pra comemorar.
Quero apenas deixar meu pedido de desculpas, agradecer pelas visitas, pelo carinho, por tantos comentários e pela preocupação.
Mesmo que eu quisesse e me desdobrasse, não daria para fazer isso individualmente e terá que ser aos poucos.
Hoje quero apenas deixar um beijo e dizer que vou lendo-vos na medida do possivel.
Mil desculpas.
Estou de volta!
Um beijo imenso!

Lumife disse...

Gostei do soneto e a idéia que nele expressas.

Bom domingo.

Bjs.