quarta-feira, setembro 22, 2010

!... SETEMBRO...!




FOTOS DA ILHA DO FAIAL-AÇORES

MELANCOLIA ! PÔR DO SOL DOIRADO !
FOLHAS JACENTES GRITAM DE AGONIA !
LUA DISCRETA DE CÉU CONSTELADO
ENCANTO SUBTIL, SEMPRE DE MAGIA !

ARRULHAM AVES EM BOSQUES CERRADOS
EM TOM DE DESPEDIDA E NOSTALGIA
SETEMBRO NO FIM, ODORES PERFUMADOS
ENCANTAMENTO QUE NOS ALICIA !

COMO TE QUERO ! DESTE-ME A VIDA !
OS TEUS MORNOS E LÂNGUIDOS POENTES
CONTINUARÃO A SER MINHA GUARIDA.

NÃO TE VÁS, MEU SETEMBRO, PERMANECE !
JÁ SINTO AO LONGE, EM FRÉMITOS DOLENTES
O FRIO DO INVERNO QUE ARREFECE !...

SONETO & FOTOS

FERNANDINHA

FERNANDA & POEMAS
Posted by Picasa

45 comentários:

Braulio Pereira disse...

lindo alma iluminada

fotos lindas

beijos!!

Isa disse...

Que saudades!
Senti a tua falta!
Soneto de coração apaixonado!
E as fotos? Falam por si!
Beijoo.
isa.

carlos pereira disse...

Soneto, simplesmente, NOTÁVEL; na senda de que nos habituou.
Que bela viajem fui "obrigado" a fazer através das palavras e dos versos ritmados, numa manifestação de sensibilidade poética só ao alcance de quem vê com os olhos da alma.
Creia-me seu seguidor.
Um abraço.

gaivota disse...

aaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiii
já voltarei.......
maninha linda, um dia fico por lá...
beijinhos

São disse...

Minha querida, neste dia do meu aniversário, foi muito agradável ler a tua bonita poesia a Setembro.

Um abraço bem grande ( também para a tua filha)

LOURO disse...

Mais umas lindas fotos de uma das tuas ilhas...Com um soneto melancólico,mas sublime de despedida do verão!!!

beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Pelos caminhos da vida. disse...

Setembro do meu coração, tantas pessoas queridas fazem aniversa´rios nesse mes e ainda ganhamos de presente a PRIMAVERA.

Seja bem vinda amiga.

beijooo.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Se te deu a vida e tu continuas, querida, é porque permanece.
Viva a Vida!
*Há* primavera dura nos corações em que floresce e re.floresce.
Belíssimo soneto!!! Poesia e reflexão sobre a vida!
Esta é a magia, fica sempre, em alguém que sente. *A idade* é irrelevante*.
Beijos e Felicidades!
Renata

poetaeusou . . . disse...

*
Fernandinha,
,
um outonal sol-pôr,
destapando a lua cheia´,
belo,
,
estimadas conchinhas,
deixo,
,
*

Fernanda disse...

Querida amiga Fernandinha!

Ao tempo que nada sabia de si...
Saudades mesmo, muitas!!!

O amor e a poesia sempre uma perfeita simbiose. Lindo!

Maravilhosas, como sempre as suas fotos.

Parabéns
Beijinhos doces.

Na casa do Rau

Everson Russo disse...

Um belissimo poema,,,ao certo por um acontecimento forte em setembro,,,lindo,,,saudades de ti amiga...beijo grande de bom dia...

Maria Dias disse...

Sim setembro é mesmo um lindo mês e
quanto vcs se preparam para o inverno hoje aqui chega a primavera e ja nos preparamos para o verão.

Beijinhos

Maria

La Preciosa disse...

Ola! Vc é uma pessoa encantadora! Sempre faço confusão: vc mora em Açores e tem uma filha nos Estados Unidos? Sua vida deve aser fascinante!
parabéns.
Obrigada pelas visitninhas, fico muito honrada

BRANCAMAR disse...

As tuas fotos são magníficas como sempre, Fernandinha e o poema é muito lindo. Setembro é um mês de magia e tu soubeste transmiti-la muito bem.

Desejo que estejas muito bem.
Beijos, com carinho.
Branca

Daniel Costa disse...

Fernandinha

E Setembro irá deixar-nos breve, apezar do teu apelativo poema. Segue-se o Outubro, por vezes, quase sempre, com uma temperatura amena.
Fiquei pouco menos que maravilhado com as fotos colhidas no Faial. parecem ter inspirado o belo poema.
Confesso sentir que faltavas.

Deixei um comentário, há dias no último poema, se não vistes, pedia para passares visto conter um convite.
Beijos

José Rasquinho disse...

Mais um maravilhoso soneto, a que as lindas fotos dão ainda maior beleza.
Setembro é tudo isso; o fim de um ciclo e o início do próximo.
Bjinho.

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de bom final de semana pra ti amiga....paz e poesia sempre.

Wilson Rezende disse...

lINDAS FOTOS FERNANDINHA. BEIJÃO!

Wilson Rezende disse...

lINDAS FOTOS FERNANDINHA. BEIJÃO!

Manuel disse...

Tanta melancolia escorrendo pela inspiração destes versos.
Mas o Inverno, também, tem os seus encantos.

Ana disse...

Olá querida Fernandinha!!!

As imagens estão magníficas e o belo soneto feito por um coração sempre apaixonado.

Não mudes querida ser romantica é um sentimento muito especial!!!

Hoje tirei um bocadinho para ver este teu lindo espaço que já há muito não visitava. Adorei todos os poemas e as belíssimas imagens!!!

Beijinhos repletos de carinho,
Ana Paula

Eduardo Aleixo disse...

Gostei do teu poema, muito, como também gosto muito de Setembro. E do outono. Das suas cores. Da sua paciente e sábia melancolia. Boa semana, que não tarda. E um bjo. Com a amizade de sempre.
-
PS: que é feito da Susy?!

garoto cientista disse...

A natureza sempre magnífica nos presenteando com seus espetáculos.Ótima semana.

Nilson Barcelli disse...

Fotos e soneto a raiar a excelência, como sempre fazes, de resto.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Mariza Delandrea disse...

Simplesmente demais!!!
Um grande beijo Fernandinha, uma ótima semana!
Mariza
http://subolhar.blogspot.com

Ana Martins disse...

Boa noite Fernandinha,
o frio do Inverno está quase quase a chegar, mas também tem a sua beleza.

Lindo o soneto, Setembro é um mês inspirador.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Dulce disse...

Lindo, Fernandinha!... Muito lindo.
Beijinhos

André disse...

Sempre com bom gosto.

Sol que brilha disse...

Belo e explendido que me deixou encantado!
Parabéns poetisa e desculpe minha ausencia!

Beijos

Jhon

ELANE, Mulher de fases! disse...

FERNANDA, Q DEUS TE ILUMINE MAIS E MAIS, Q OUTUBRO VENHA COM BELEZA TB, MAS SETEMBRO É SETEMBRO...
NÃO SABIA Q ESTAVAS DOENTE, ME DESCULPE, ME AUSENTEI UNS TEMPOS, MAS ELEVO MEUS PENSAMENTOS A DEUS E PEÇO Q SE RECUPERE LOGO!!SAUDADE,ABRAÇO FRATERNO!!!ELANE

rosa-branca disse...

Lindas fotos, lindo poema e lindo Setembro...adorei querida Fernandinha. Beijos com carinho

sonho disse...

O frio do Inverno que arrefece...mas com a beleza das tuas fotos e poemas...nosso coração aquece:)
Beijo d'anjo

OUTONO disse...

...e está quase no final....LINDO!

poetaeusou . . . disse...

*
passei
e deixei conchinhas !
,
*

Ana Maria disse...

Acho lindo o amanhecer, mas o pôr-do-sol me contagia.
Acho lindo!
Beijinhos!

Multiolhares disse...

fiquei perdida com a primeira foto, e o poema está lindíssimo
Bj

Sonia Pallone disse...

Lindas fotos, verdadeiras poesias escritas para os olhos...

Sonhadora disse...

Minha querida Fernandinha
Lindo e melancólico o teu poema.
Estive ausente, agora estou pondo as visitas em dia.

Deixo-te o meu carinho e um beijinho
Sonhadora

O Guardião disse...

Sol, Lua, Oceano e muita inspiração. Mais um belo poema.
Cumps

Céci disse...

Ola Fernandinha,

As tuas fotos como sempre lindissimas, e o poema igulamente lindo, conforme ja nos habituaste.

Adorei essa melancolia.

Bjinhos

Céci

Fanzine Episódio Cultural disse...

COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos, distribuído na região sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Belo Horizonte e Salvador-BA. Para participar basta mandar um artigo: poema, um conto que não ultrapasse 1 folha inteira no word (Times Roman 12). Pode mandar também artigos que abordem: cinema, teatro, esporte, moda, saúde, comportamento, curiosidades, folclore, turismo, biografias, sinopses de livros, dicasde sites, institutos culturais, entre outros.
Mande em anexo uma foto pessoal para que seja publicada juntamente com a sua matéria.. Mande também (se desejar) uma imagem correspondente ao assunto abordado. Caso o artigo não seja de sua autoria, favor informar a fonte.
PARA ENTRAR COM CARLOS (Editor)

jair machado rodrigues disse...

Que lugar lindo demais...
E muito bem fotografado. Parabéns.
Grnade abraço

Natividade Negreiros disse...

Essa senhora que está morta era uma criminosa pois plagiou, melhor transcreveu, todos os sonetos que dizia ter criado.

Os sonetos não eram dela mas duma real poetisa, Natividade Negreiros natural do Porto e ... minha mãe.

Fernandinha que descances, não sei se em paz pois se estivesses viva irias a tribunal pagar pelo teu crime.

P.S. Todos os sonetos aqui referidos foram publicados na obra Sonetos e outros poemas de Natividade Negreiros publicada em 2003, e que se pode encontrar em qualquer biblioteca de Portugal, Açores incluido.

Pedro Nuno Negreiro Pereira Pinto

Uouo Uo disse...

thx

كشف تسربات المياة
غسيل خزانات
شركة نظافة عامة

Uouo Uo disse...



thank you

سعودي اوتو