sexta-feira, junho 05, 2009

O RESSURGIR DA ALVORADA!...




FOTOS DA CIDADE DA HORTA-ILHA DO FAIAL AÇORES
Cidade que me viu nascer!...


Quem sou eu? Não sou nada uma ilusão
Que se vai esvaindo lentamente?
Já perdi de mansinho o coração
Como harpa a percurtir dolentemente!

Já fui luz, já fui chama, até vulcão!
Já vivi e amei sofregamente!
Hoje, catedral sou de solidão
Que qu'ria renascer suavemente.

E como uma suave melodia,
Aguardo ouvir cantar a cotovia
P'ra me sentir de novo acompanhada!

As aves buscam o sol e o seu ninho
Eu busco o encontrar do teu carinho
Esp'rando o ressurgir da alvorada!...


SONETO & FOTOS

Fernanda Costa

Lisboa, 05 de Junho de 2009
Posted by Picasa

83 comentários:

LOURO disse...

Querida amiga Fernandinha:

Lindas fotos do sitio que nasceste,
com um soneto maravilhoso!!!

As aves buscam o sol eo seu ninho,
Eu busco o encontrar do teu carinho
Esp´rando o ressurgir da alvorada!...

Gostei!!!

Bom fim de semana,

beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

José Heitor Santiago disse...

Muito bonito,o teu soneto!
Tem força! E muito sentimento!

Parabéns!

Bom fim-de-semana!

Abraços poema,

jhs

Dulce disse...

Fernandinha

que fotos maravilhosas, minha amiga.
Bem como o soneto, lindo!.
Gostei demais.
beijos e bom final de semana

Dulce

O QUATORZE disse...

Olá. Boa tarde
Lindo texto.

Jamais desistir de um lindo sonho
Pois este poderá vir um dia surgir
Quando tanto se anseia ao luar
E depois se vê um belo sol a sorrir

Bjs de amizade
LUIS 14

O Repórter Alentejano disse...

Gosto de ler um bom poema, ainda mais se for acompanhado de fotos bem tiradas como é o caso.

Um excelente fim-de-semana,

O Repórter Alentejano.

Agulheta disse...

Olá Fernanda.Nas árvores e no na natureza as aves buscam o calor do ninho e dos afectos,adorei as fotos,magnificas
Beijinho e bfs

gaivota disse...

e trazes mais estas fotos por aqui... esses caminhos que me deixam sempre saudade e vontade de voltar!
bom fim de semana, a ressurgir da alvorada...mesmo com chuva, maninha!
beijinhos

Ana Martins disse...

Fascinante Fernandinha!

Beijinhos,
Ana Martins

Blog do Óbvio disse...

Não é tão lindo dizer e sentir: Eu busco o encontrar do teu carinho...
Além dessa magnífica sensibilidade poética parabéns pela sensibilidade fotográfica. Adorei as fotos, principalmente a primeira. Aquele local no meio da pracinha, aquí no Brasil chamamos de "Corêto". Em algumas cidades de nosso interior ainda temos locais desse tipo onde se apresentam bandas de música nas noites dos domingos. Pena que são eleitos prefeitos "moderninhos" e derrubam os famosos Corêtos. Carinhoso beijo. Manoel Eduardo - Brasil.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Oi Fernandinha, senti neste poema um reencontro do poeta com seus leitores.mas acima de tudo , uma terna canção de amor.
beijossssssssssssss
Bom final de semana!

Liar disse...

Ola Fernandinha

Tu és
Foste
e
Serás
Uma grande poeta!

Adorei e as fotos dessa tua ilha deixam-me sempre com uma enorme vontade de conhecer.

Bjinho e um bom e inspirado fim de semana

Céci

tossan disse...

Belas fotos, a tua busca através da poesia é que encanta. Beijo poesia

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Fernanda

Este seu soneto me encanta.
Sabe que cada soneto que leio de si, me traz ao pensamento a grande
poetisa Florbela Espanca (minha
poetisa de eleição)?

Pois bem minha amiga, continue a escrever asim e nunca lhe falte a
inspiração. Um bom fim de semana

Um beijo de grande amizade

Alvaro

Eduardo Aleixo disse...

Soneto lindo, como todos os teus. As fotos são maravilhosas, de uma terra que eu amo. Também gosto das cotovias. Ouve-as. Elas cantam. Escuta...
Beijinhos.

Wilson Rezende disse...

Passando para desejar um ótimo final de semana fernandinha, um grande beijo.

BC disse...

Tanta gente que já foi tudo isso e hoje já não tem aqueles que amou mas no entanto continuemos a sorrir porque estamos vivos amiga.
Beijo

Gleidston disse...

Olá Fernanda,
Como sempre suas fotos são lindas e sempre se fazendo acompanhar pela sua poesia que encanta e emana o melhor das palavras.

desejo á voce um otimo sabado.

bjccss

Luiz Caio disse...

Oi Fernanda! Bom dia!

Como sempre um belo trabalho de imagens, e um soneto envolvente!
O soneto hoje, está acima de tudo... Carente!

TENHA UM LINDO DIA, E UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!

BEIJOS.

Milouska disse...

Querida Fernandinha,

Ando um pouco afastada da actividade blogueira, mas passei para agradecer a tua presença no meu cantinho e dizer-te que a minha admiração por ti continua a mesma. As tuas fotos e os teus sonetos são sempre a maravilha a que nos habituaste.
Um grande beijo com todo o carinho e amizade,

Milouska

manuel marques disse...

Vós, que sofreis, porque amais, amai ainda mais. Morrer de amor é viver dele.

Beijo querida Fernandita.

Alvaro Oliveira disse...

Querida Amiga Fernanda

venho agradecer-lhe sua lindas
palavras e a atenção que me dispensa, retribuindo-lhe os votos
de um Domingo muito feliz.

Lhe deixo um beijo de muito carinho

Alvaro

Ane disse...

Lindas!Lindas!

Joana Sousa disse...

Que lindo...!


Poemas lindos os que escreve!

Parabens (:

Helinha disse...

Amiga

Que fotos lindas...

Como sempre!!

E o texto, é de uma entrega incrível...

Há momentos em que precisamos mesmo de paz, de tranquilidade, de carinho... Momentos em que nos cansamos dos arroubos da paixão...

Queremos a leveza do amor!!

Vc já é muito querida, viu!!

Beijo grande!!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz


(Charles Chaplin)

Desejo um lindo domingo com muito amor e carinho.
Abraços Eduardo Poisl

Sonia Schmorantz disse...

"Conte a sua história ao vento,
Cante aos mares para os muitos marujos;
cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.
Escreva no asfalto com sangue,
Grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis.
Abra seu peito em direção dos canhões,
Suba nos tanques de Pequim,
Derrube os muros de Berlim,
Destrua as catedrais de Paris.
Defenda a sua palavra,
A vida não vale nada se você não
viver uma boa história pra contar."
(Pedro Bial)

Na impossibilidade de entrar em detalhes, como eu gostaria imensamente como todos amigos que tenho, venho trazer um pouco de poesia e desejar que seu domingo, sua nova semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!

Um abraço

Sônia

Marta disse...

Quem não busca a luz do Sol para renascar novamente????
Lindo....Adorei as fotos....
Beijos e abraços
Marta

Ana Maria disse...

Fotos maravilhosas!
Soneto do alvorecer.
Um bom domingo e muitos beijinhos.

Prof. Sergio Ricardo disse...

Demais Fernanda. Como escreves deliciosamente... um sabor à imaginação. bj e otimo domingo

Conceição Duarte disse...

Fernanda há quanto tempo!
Você é do Açores! QUe linda, que lindo! A cidade que te viu nascer! COmo temos amor por isso tudo e por tudo que nós vivemos , não é?

Obrigada por sua ilustre visita, ja sentia saudades e estou em falta contigo, tenho tb que vir mais por aqui....
um beijo e bom domingo, CON

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Princesa disse...

"Somos todos viajantes pelas agruras do mundo, e o melhor que podemos achar em nossas viagens é um amigo honesto."

uma boa semana
Beijinhos

O Árabe disse...

O ressurgir da alvorada... o ressurgir da vida! :) Lindo, Fernanda. Boa semana!

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Fernanda

Passe emeu blog que tem premio para si."Prémio Amizade e Fidelidade"

Uma linda semana

Um beijo

Alvaro

BANDEIRAS disse...

Cara amiga do além-mar;

É sempre um imenso prazer vir aqui te visitar, aqui tudo é muito belo e aconchegante.

Obrigada pela visitinha ao meu blog e receba meu carinho.

Helinha disse...

Fernanda

Cada visita sua é uma chuva de carinho em meu blog...

gosto tanto de suas palavras, e o que vc disse a meu respeito é exatamente o que penso de vc...

Beijo grande!!

Maria Valadas disse...

Querida amiga Fernanda,

Um Soneto divinal, acompanhado de belíssimas fotos.

Gosto da tua maneira de fazer fluir os versos.. com garra de determinação.

Sublime!

Boa semana,

Beijinhos

Liar disse...

Olá Fernandinha,

Passei para te desejar uma semana linda e também para ver se tinha novidades da tua linda ilha.

Bjinho

Céci

Daniel Costa disse...

Fernada

Como é bela e singela a alvorada nos Açores!...
Como é bela a tua poesia, com mais este soneto de encantar!...
Beijos,
Daniel

Maria Clarinda disse...

Fernandinha...hoje vim estar contigo, ler, e (reler) os teus poemas lindos, ver e (re)ver as tuas fotos maravilhosa. Obrigada pelos momentos deliciosos!
Jinhos muitos

Oliver Pickwick disse...

Há certas chamas que não se apagam jamais.
Um beijo!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, Fernanidinha, vc está craque na mescla fotos e soneto, que domina como ninguém. Esrou um pouco chateada, porque fui ao seu Blog de fotos, comentei e depois a convidei para ver as fotos do Teatro Municipal de Sâo Paulo no meu Blog TRISTÃO E ISOLDA.
Bom, vim dizer-lhe que tenho um novo Blog, que se chama TUDO.
http://blogrenatatudo.blogspot.com
Visite-me, pois lá publico de tudo um pouco, o Blog não tem uma linha fixa, como resenha de fimes, poemas. Espero que desta vez vc aceite o meu convite.
PS: A tempo. O Galeria está concorrendo ao TOP BLOG 30, na categoria cultura. Basta ir no Galeria, clicar onde está escrito "vote neste site" e escrever as letras que aparecem. Já votou.
Beijos,
Renata

José Heitor Santiago disse...

Agradeço-te de coração, mas desde que tive um problema, com Selos e Prémios, fiz uma jura; nunca mais!
Mas guardo-o na alma e fico sensibilizado com o teu carinho.
Uma boa semana, Fernanda!

Bjs,

jhs

ana p roque disse...

Quem não aguarda O Ressurgir da Alvorada,Fernandinha?

Lindo soneto,boa semana querida
amiga.

Beijinhos de carinho e amizade.

aPr

Ilaine disse...

Nandinha!

E como uma suave melodia,
Aguardo ouvir cantar a cotovia
P'ra me sentir de novo acompanhada.

Parabéns poetisa! Linda alvorada.
Adorei as fotos.

Obrigada pelo carinho no Ensaios.
Beijo

Sonho & Sedução disse...

Ola minha amiga

Lindas imagens seguidas de belas palavras..

BEIJO

Paula Raposo disse...

Muito bonito, Fernandinha! É sempre um deleite passar e visitar-te. Beijinhos.

BC disse...

Olá Fernandinhapassei para lhe fazer uma visita aoa Açores.
Beijinho

Sofá Amarelo disse...

E a alvorada vai ressurgir, tenho a certeza - com estas imagens tão fantásticas não há alvorada que não, volte, e volte, e volte... sempre!

Muitos beijinhos, Fernanda!!!

Carmem disse...

Que sorte linda em um lugar lindo...
Nascer num paraíso é mágico...por isso tua alma linda!... Confere!

beijo e obrigada pelo carinho!

rosa dourada/ondina azul disse...

Ouvindo esta suave melodia,
te deixo um abraço
e saio em silêncio,

MENSAGENS AO VENTO disse...

______________________________

O poema é lindo!!! As fotos são belíssimas!

Você é mesmo uma artista...


Beijos de luz e o meu especial carinho, Fernanda!


Zélia (Mundo Azul)

__________________________________

Viviana disse...

Querida Fernandinha

Poetisa linda

Muito belo e tocante este seu soneto.

Diz tanto!...

As fotografias mostram uma terra e um Céu belíssimos...

tenha um lindo dia

um beijo

viviana

Serena Flor disse...

Bom dia minha querida,
passando pra dizer que tem um selinho lá na minha galeria de salos ok?
O selinho é do Glamour e a galeria fica na coluna vertical do Alma Poeta...é só clicar e entrar ok?
Um beijão e um lindo dia pra você!

R.G. disse...

Olá Fernanda,
adoro as fotos da tua terra
uma terra que não conheço
mas cada vez que aqui venho fico com uma enorme vontade de conhecer.

Bons feriados

Beijo Perdido

elvira carvalho disse...

As fotos como sempre uma maravilha e a dar uma inveja que até é pecado.
E mais um belo soneto, fruto das suas inquietações e interrogações.
Um abraço

Tereza Freire disse...

Nanda, que soneto belíssimo! Que sensibilidade! Ficou doce, verdadeiro e puro. Lindo! Beijos.

Dauri Batisti disse...

Querida Fernanda,

tudo é lindo aqui. As fotos e o soneto se conjugam com belezas, muitas.

Um beijo.

Baby disse...

Tantos e tão belos poemas, é uma mais valia visitar-te!
Desejo também que usufruas em pleno deste fim de semana prolongado. Que o tempo esteja de feição.
Beijinhos.

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

FERNANDINHA LINDA,AINDA IREI AI,TENHO TANTOS PRIMOS POR AI,MINHA MAE,SE EMOCIONA SEMPRE Q VE PORTUGAL E EU TB,TENHO MUITO ORGULHO DE TER SUA AMIZADE MARAVILHOSA E VER TANTAS IMAGENS LINDAS,Q BELO PARAISO Q NASCESTE E Q SONETO TRISTE,POREM MARAVILHOSO,VC ,BALESTRA EVERSON RUSSO E A TERESA FREIRE, ESCREVEM MARAVILHOSAMENTE!!ADORO LER VCS!!!
BJSS NA ALMA!!
LANE

Ana Maria disse...

Tenha uma alvorada com muito carinho.
Beijinhos!

Vieira Calado disse...

Olá, Fernandinha!

Não é para fazer concorrência...

rs)

mas hoje também coloquei um soneto no meu blog!

Não é que escreva muitos... (tantos como a amiga), mas às vezes sai...

Desejo-lhe bons feriados.

Beijinhosss

o que me vier à real gana disse...

Olá Fernanda!
Bonita terra, a sua!... Palavra k assim a considero. A maior parte do arquipélago é de inefável beleza.

O soneto, esse é um hino à esperança, ao porvir!

bjs

Anita disse...

Amigos são como pedras preciosas.
Brilham por onde passam e sempre deixam um rasto de ternura e amor!

Obrigado pela tua amizade.
Beijinhos.

Bons feriados.
Fica bem. fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

ParadoXos disse...

que a alvorada seja sempre um acontecer permanente... pra trazer poemas e belas imagens assim!


beijos Fernansinha!

xistosa - (josé torres) disse...

As fotos, principalmente a primeira parecem emergir de um presépio, mas não coloco as outras de lado.
São mesmo duma cidade liliputeana.
Por vezes os vulcões também se apagam, mas continuam as fumarolas que não são mais que chama que ainda abrasa.
Um abraço.

"Antonio" disse...

Puro de coração
Há que ser puro, puro de coração.
Purifica teus pensamentos, conduzindo-os,
um a um, ao que resplandece em ti.
Purifica teus hábitos, teus vícios, presenteando tua jornada com a tua determinação,
com a tua coragem, com a tua confiança.
Purifica os ares que te rondam,
esclarece tuas confusões.
Deixa clarear todas as manhãs
do mundo em teu ser.
Acompanha o nascer do sol, a luz no horizonte e dignifica o que chamas de amor.
A paz é presente e te é disponível.
Não coloques em dúvida o que o teu Criador
já esclareceu para ti.

QUE VC TENHA UMA LINDA E MARAVILHOS0 Feriado. FIQUE COM DEUS.
De Antonio
http://oblogdasnoticias.blogspot.com/
http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

http://projetokaraenaescola.spaces.live.com/

Muito linda a Fotos de Antonio

Menina do Rio disse...

Fernanda, as fotos são maravilhosas e o soneto, divino!
tem um ótimo feriado.

Beijinhos

Marlene Maravilha disse...

Querida,
Eu desejo que encontres este renascimento, e continues a compartilhar estes poemas lindos!
As fotos sao belíssimas!
Bom feriado!
beijos

Maria Faia disse...

Querida Amiga,
Venho desejar-te u feriado feliz e, como não podia deixar de ser, admirar as belezas açoreanas que tens partilhado comigo.
A paisagem é linda e as pessoas açoreanas que conheço são afáveis e simples, como eu gosto.

Um beijo amigo,
Maria Faia

M@ disse...

As fotos são sempre magníficas.
Os sonetos lindos...que mais dizer?
Digo só que adoro a Fernandinha, minha amiga de verdade aqui neste mundo que não tem cheiro nem tacto, mas que existe amizade mesmo que seja virtual.
Obrigado pela sua amizade.
Tenha um Bom Feriado e um Feliz fim de Semana.
Abraço
Manuela

Chinha disse...

Na vida todos temos uma alvorada desejada.

Um dia ela surge ao longo da nossa caminhada.

As fotos lindas.

bjinhos e bom final de dia cheio de sol

Izinha disse...

Fernandinha,

combinação perfeita...fotos e poema divinos.

um grande beijo!

Everson Russo disse...

Querida amiga, obrigado pelo carinho da visita e das palavras no Livro, deixadas, um lindo final de semana pra ti, fique com Deus e beijos carinhosos em sua alma...

Dois Rios disse...

Linda Fernanda!

Belas imagens assim como belo o seu poema. Sempre!

Beijo,
Inês

Gui disse...

Olá Fernanda. Que saudades que eu tinha de vir ler os teus sonetos. Hoje consegui um bocado para visitar as amigas. Um beijo

Isa disse...

Obrigada,querida.
E ñ é q.a Rainha da marcha do Lumiar
se chama Isabel?! Rainha D.Isabel...
A Marcha é liiiiiiiinnnnnda...
Imagina-me com uma voz "tocada pelo
tinto" ....Olha q. é brincadeira...
Beijo.
isa.

Pelos caminhos da vida. disse...

Estive ausente por motivos de mudança amiga,retornando agora estou visitando meus amigos aos poucos,senti saudades de vc,daqui,vcs me fizeram muita falta.

Fim de semana de bençãos.

Ah...no post anterior tem flores pra vc.

beijooo.

Sonia Schmorantz disse...

Amigos são poemas…
Os verdadeiros amigos são a poesia da vida.
Eles enchem nossos dias de cores, rimas e risos,
nos seguram a mão quando caminhar parece difícil.
Mostram que mesmo em dias nublados o sol está no mesmo lugar,
e nos ensinam que a chuva pode ser uma canção de ninar
nas noites solitárias e vazias.

Um abraço em mais este final de semana, que tudo lhe
Seja bom...

Bichodeconta disse...

Que melhor acordar poderia ter do que a ler os magnificos poemas da Fernandinha?Meu sol, minha luz meu dia ficaram com mais brilho.Obrigada pela partilha.Beijinho e bom domingo.

Angela Guedes disse...

Oi Fernanda!!!
É sempre um imenso prazer vir aqui te visitar.
Belas fotos, a tua poesia me encanta.
Muitos beijinhos.
Ângela

Anita disse...

Amiga estou de volta e venho desejar-te para esta semana que se irá iniciar:

- Um mundo cheio de paz;
Um mundo cheio de afecto;
Um mundo cheio de esperança e alegria!

Que os anjos possam colorir, aquecer e alegrar um pouco mais o teu coração.

Beijos
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Ana disse...

Olá querida Fernandinha!
Aproveitei para estar com os meus Príncipes nestas "curtas férias” e trouxe na Sexta o meu neto comigo para estarmos juntos. Por esse motivo tenho-me descurado de visitar os Blogs dos meus amigos, mas hoje tirei um bocadinho e cá estou eu:-)
Adoro a tua maravilhosa poesia e as lindas fotos que escolhes para a ilustrar.
A tua poesia é cheia de força e plena de grande sensibilidade.
Adorei!!!
Beijinhos muito grandes,
Ana Paula