quarta-feira, novembro 19, 2008

FOSTE TU !...


Fotos da Ilha Terceira - Açores - Portugal


Foste tu que me amaste no passado
e do qual, sem querer, tenho saudades !...
Foste tu que pensei que tinha amado
e quem sabe se não foi realidade !

Foste tu o meu sonho perfumado,
um sonho de magia e de verdade !
Foste tu meu caminho matizado
de pétalas vermelhas de ansiedade !!!

Esbatida foi nossa maré alta,
recordemos as luzes da Ribalta
p'ra sentirmos calor junto do mar !

E se o sol não brilhar como cristal,
Oxalá nosso olhar seja vitral
p'ra voltarmos de novo a sonhar !...

Soneto & Fotos;

Fernanda Costa

Lisboa, 19 deNovembro de 2008

Posted by Picasa

49 comentários:

Menina do Rio disse...

E se o sol não brilhar, os olhos brilharão...

Lindo soneto, Nanda!

Beijinhos de boa noite, querida

tossan disse...

Mesmo assim o tempo não se apaga, de tudo fica um resto. Linda poesia! Beijo

Maria disse...

A nossa capacidade de sonhar é infinita, Fernanda...
Adorável soneto!

Beijinhos, Amiga

Valter Montani disse...

Linda poesia Fernanda, parabéns!

Vilminha disse...

OI fernanda, adorei comecei por ler as imagens das fotos e na seqüencia ler o seu poema foi um verdadeiro deleite. Parabéns pela leveza e pelo brilho e a luminosidade das palavras. Beijos mil e mil margaridas para toda a semana.

Mai disse...

Olá Fernanda,
Cheguei aqui na trilha do avesso.
Que bom tê-la encontrado.
Lindas imagens, belos textos.
Abraços.
Voltarei outras vezes.

Ana Martins disse...

Olá fernandinha,
para quê mais palavras, só lhe posso dizer que sou apaixonada por seus sonetos.

Beijinhos

Ana disse...

És tu... que nos fazes sonhar com os teus poemas! Parabéns, Fernanda.
Um beijo.

Notas e Notícias disse...

Parabéns! adorei seu blog.

Bj

Cleo disse...

E se o sol não brilhar como cristal,
Oxalá nosso olhar seja vitral
p'ra voltarmos de novo a sonhar !...

Lindo!!!

as fotos também são um perfeito poema.
Beijos Fernanda e uma esplêndida quinta.
Cleo

dete disse...

Muito bonito, gostei, bom fim de semana, estou conhecendo teus blogs aos pouquinhos, beijos

Gerlane disse...

Um vitral poético, com reflexos de mar.

Muito bonito, poetisa!

* beijinhos!

Véu de Maya disse...

lindíssimo poema de amor...Puro e intenso...não sei se já linkei teu espaço...vou verificar...se ainda não por distracção agora vou meter mãos á obra...muitos abrços pra ti minha linda amiga.

A. Jorge disse...

Arrepiei-me mal comecei a ler tão maravilhoso soneto.
Talvez um dia eu consiga escrever assim!...

Um beijo

Jorge

gaivota disse...

fernandinha, querida amiga, foste tu... com tanto sol e sonhos junto ao mar, a esse mar na tua ilha...
beijinhos

Bandys disse...

Fernandinha,

Aqui sempre é uma delicia de ver e ler.

beijinhos

Marta disse...

O sol brilha sempre...
No olhar, no coração....
Em qualquer gesto....
Lindo...
Obrigada pela visita aos meus blogs..
Até já
Beijos e abraços
Marta

elvira carvalho disse...

Mais um bonito poema, cercado de belas fotos. Fico-me perdida a olhar e nem sei se o que me encantra mais são as palavras ou as imagens.
Um abraço

NOVO MUNDO disse...

sua poesia é majestosa, linda felicidades, escreve com a alma.

Dauri Batisti disse...

Que nosso olhar seja vitral, que linda essa imagem. Olhos que filtram os sonhos e pega os bons. Que recolhe e distribui.

Sou visitante de primeira viagem.

Um beijo.

Dauri Batisti disse...

Obrigado pela visita fernanda e pelo comentário, mas não é a saudade que é estupida, é a dor da vaziez. Pena que não consegui pssar o que eu queri então.

Beijo.

João da Silva disse...

Coisa mais linda, Fernandinha. Você é a principal poesia de seu blog.
Beijos, minha linda

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim agradecer vc amiga,apesar de eu estar ausente com minhas visitas,vc tem sempre me visitado,obrigada.
Visitas em casa,mas procuro deixar postagem para vcs,vcs são a razão de meus blogs existirem.
Um gde abraço amiga.

beijooo.

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Valadas disse...

Belíssimo soneto num regresso ao passado.

Mais um soneto... em que me revi!

Bom fim de semana.

Beijinhos

Luiz Caio disse...

FOLHAS MORTAS

Pisando sobre
Folhas mortas,
Que o vento
Soprou na estrada,
Caminho sem nenhum destino,
São passos,
Em busca do nada.

O nada que sempre
Me deram.
O nada.
Que nem recebi.
Pois nada
Me é de direito.
E nada me prende aqui.

Sou um nada
Tal qual essas folhas
Que o vento
Ao longe varreu,
Folhas mortas,
Que caem no outono,
E que vagam,
Tristes como eu.

LUIZ CAIO.

OI FERNADINA QUERIDA!

TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!
BEIJOS.

Olhos de mel disse...

Minha amiga linda! Um soneto maravilhoso, onde canta a esperança e o amor. Não desista de seus sonhos!
Um fim de semana de realizações e amor!
Beijos

Pico minha ilha disse...

Um soneto belo envolto num maravilhoso sonhar.Beijinhos e bom fim de semana amiga.S

Ana disse...

LINDO!!!
É uma bela poesia de amor, de saudade, de esperança, de sonho.
Beijinhos grandes,
Ana Paula

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

Mais umas lindas fotos, e um belíssimo poema!

Como bem retratas essas ilhas maravilhosas dos açores.

Bom fim de semana

Beijinhos

NOVO MUNDO disse...

Fernanda eu terminei de fazer o meu texto O UNIVERSO EM DESENCANTO, caso queira ler, eu desde já fico agradecida.
Beijos um bom final de semana.

Baby disse...

Fernandinha, estás insuperável nos teus poemas e fotos! Tenho medo de me estar a repetir, mas é o que sinto!

Votos de um belíssimo fim de semana, para que possas continuar as captar fotos dessas ilhas de sonho.
beijos.

Agulheta disse...

Fernanda. Adorei este sonhar neste lindo e belo soneto.
Beijinho bfs

O QUATORZE disse...

Olá. Boa noite
Estou de volta para mais um fim de semana, pelos visto continua com boa escolha, agradável, gostei.
Amizade
LUIS 14

O Guardião disse...

O Sol brilhou e a poesia brotou.
Bfds
Cumps

Bill Stein Husenbar disse...

Então que o sol volte a brilhr, os olhos ganhem um novo fulgar e as ondas do mar nos beijem os pés como antigamente.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Gleidston dias disse...

Belissimo soneto,quem sabe,sabe.

desejo-te um otimo fim de semana.

big bjs!!!!

Betty Branco Martins disse...

.querida______Fernandinha



.a tua poesia me encanta de verdade__________sentida_______em que o sonho "compõe" a realidade____...




as fotos são lindíssimas!









beijO____C_____carinhO
bFsemana

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Com versos tão belos, o sol há de sempre brilhar!
Lindo o poema e as imagens são incríveis!
beijos e borboleteios

TODO NOSSO disse...

Ferndanda ótimo fds!!!
lindo poema,lembrei de meu amor!!!
obrigada pelo carinho!!!bj

Corações & Segredos disse...

Olá,,
Agradeço a visita e o carinho!
Beijinhos de RO!

Poemar disse...

Um ótimo fim de sábado e um iluminado domingo, querida amiga!


* Beijos! ***

(Gerlane)

Paula Martins disse...

Minha querida, o sonho abre-nos o caminho e pelo sonho vamos caminhando...

Beijinhos e bom fim de semana

Carla Silva e Cunha disse...

as fotografias são lindas
a ilha terceira é um cantinho lindo e que nos transmite muita paz e calma...estive lá o ano passado e adorei

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Ah! Fernandinha, eu é que tenho que ser mais assídua contigo, suas fotos e esses Poemas merecem ser vistos e revistos.
Final de semana de plena Inspiração!Bjssss

Vinicius disse...

Bom dia. O amor é difícil de esquecer, e as lembranças boas ficam memorizadas na alma e dentro do coração, e dói tanto quando lembramos quem por muito tempo amamos.
Belas imagens e linda poesia, tenhas um ótimo domingo e uma ótima semana.
Abraços.

Ana Maria disse...

Fiquei ausente uns 4 dias. Estou retornando com minhas visitas diárias. Tenha um domingo iluminado!
1000beijinhos!

RECORDAÇÕES disse...

Fernanda, ainda bem que passei pelo seu espaço virtual. Que felicidade deve ser morar neste paraíso!!! Para homenagear tão lindas ilhas nada como um soneto igual ao seu. Amei sua maneira de falar de sentimentos... Bjs, voltarei sempre.

Janaina Amado disse...

Muito bom conhecer o lindo Açores -tão ligado ao Brasil e vice-versa, tantos açorianos entre nós - visto pelos teus olhos.