domingo, setembro 16, 2007

ETERNA SAUDADE

Poisou sobre mim sossego imenso,

ao Sol quente, todo o meu sonho, cedi!

Talvez por necessidade talvez por senso,

perante a Natureza adormeci!

Docemente compreendi o teu olhar

e como uma barca entrei no Mar!

Os remos eram a eterna saudade,

o leme o meu desmedido amor.

A barca vogava sobre lágrimas

pintadas de onde em onde por poesia.

A luz do Sol nas lágrimas luzia

forçava-me a cerrar as frágeis pálpebras.

A sombra do vasto arvoredo

fazia-me temer a indesejada solidão.

O vento foi sublime, não metia medo,

queria afagar-me com boa intenção.

Mas tudo o que eu procurava em segredo,

não era mais que um som do coração

mal se ouvia, mas a razão já me dizia:

Amanhã acordarás num outro dia

espero, tenhas ponderado essa paixão!


Fernanda

39 comentários:

JRL disse...

Belo o teu poema.

Sol da meia noite disse...

Olha Fernandinha, adorei particularmente este poema...

Senti-me transportada a um mundo onde tudo é doçura...

Beijinhos, amiga!

Sophiamar disse...

os teus poemas são lindos.
beijinhos

Alexandre disse...

Como habitualmente li de um fôlego porque tens o dom de escrever poemas de uma forma singular em que umas palavras se encandeiam nas outras e só aquela palavra - e não outra - poderia estar no local onde a escreveste.

Que fácil tens em fazeres coisas bonitas e... sentidas, Fernanda!!! Parabéns!!!

Muitos beijinhos!!!

Rui Caetano disse...

Tens muito dom para escreveres poesia. Gostei de ler estes teus textos poéticos.

astrid disse...

"Docemente compreendi o teu olhar

e como uma barca entrei no Mar!"

Docemente compreendi o teu poema
Volátil, solto, brando e quente.
Dos melhores da menina ( humilde opinião)!

grande beijo

Tiago R Cardoso disse...

E eu estava com saudades de tão bela escrita.
Mais uma vez um excelente texto.

Xana disse...

Belo teu poema, sentido em mim muito.

Ser Poeta é tudo o que tens...Que emanas...Que espalhas...E que colhes...

Por isso é lindo Ler te...e embalar em teus sonhos.

Um beijo

C Valente disse...

Agora que o verão está a acaber , lindo poema para não esquecer
saudações amigas

Maria disse...

Gostei de te ler.....
... e desta tua saudade...

Beijos

astrid disse...

passei.deixo afago, tipo beijinho

Papoila disse...

Um poema doce que me encantou. Realço estes dois versos
"Docemente compreendi o teu olhar
e como uma barca entrei no Mar!"
Beijos

aryana disse...

Mulher é saudade
Mas ela sempre renascerá em outras mulheres, sempre será o que veio para ser,sempre cumprirá a sua missão de luz entre os homens, sempre será apenas e tão só o que é.
Apenas e tão só mulher1
"O amor é mulher.....só não vê quem não quer.....
Obrigada por ser mulher.

rui disse...

Olá Fernandinha

Lindo!
Está escrito de uma forma tão cativante!
Estive a ver outros textos, tens tanta coisa...,e todos lindos!

Estive de passagem por algumas horas na tua terra natal. Ainda me passeei e tomei uma refeição na cidade da Horta, ia com destino há ilha Terceira, onde estive colocado durante 5 meses em Angra do Heroísmo.

Gostei de estar aqui
Abraço

Girassol disse...

Tenho o maior respeito e admiração por quem escreve poesia.
Ainda não tive muito tempo para ler tudo por aqui, mas gostei imenso do que tive oportunidade de descobrir.
Parabéns.

Beijo.

Manuelinho disse...

Certamente que ponderu, F.
Bjs

Luz&Amor disse...

A luz do Sol nas lágrimas luzia
forçava-me a cerrar as frágeis pálpebras.
A sombra do vasto arvoredo
fazia-me temer a indesejada solidão.

Que lindo seu poema. Antes vinha mais com frequencia no seu blog. Depois perdi vc. Mas, obrigada por estar de volta. Obrigada pela visita, é sempre bem vinda. Beijos linda

sandra regina disse...

ola, esse negocio de blogar vira vicio e a gente encontra tantas gente e tantas coisas lindas como encontrei aqui,foi muito bom te conhecer.
faça me uma visita e ouça tbm nossa radio www.transanortefm.com.br
la tbm tenho outro blog no link do meu programa.

bjus

Diannus do Nemi disse...

.

Lindo!

Molda muito bem tuas palavras, transcende um sentimento maravilhoso!

Abraço e abençoada sejas.

.

poetaeusou . . . disse...

*
A barca vogava sobre lágrimas
*
bjis
*

SILÊNCIO CULPADO disse...

Que bom que é amar assim a tocar os limites onde não chegam os comuns mortais. Esse amor despido da razão mas que é a razão de ser amor é a tua estrada, o teu destino mas pode ser também a tua dor.

Murmurios disse...

Agradeço o ter passado no meu cantinho.
Fiquei encantada ao descobrir o seu, prometo voltar!

sofialisboa disse...

Olá fernanda, poderia deixar-te muitas explicações, mas a ti apenas te digo que por aqui irei passear, pelas tuas palavras também e quando me apetecer, mesmo deixarei palavras, mas neste momento os blogs já não tem mais sentido...depois logo se vê o que mais irei inventar :) bjs sofia

C Valente disse...

Saudações amigas

Sophiamar disse...

Vim deixar-te beijinhos, agradecer os teus comentários e dizer-te que gosto muito dos teus poemas e fotografias.

Beijinhos

Simplesmente...Joana disse...

Mas que bom... e que cada amanhecer traga um novo olhar :)

Beijooo

Até já!**

SIMPLESMENTE.... C disse...

Como vc escreve bem.
Abracinhos..

Saramar disse...

A saudade, ai, quem não a conhece bem?

Achei especialmente lindo e perfeito este verso, entre tantos lindos:

"o leme o meu desmedido amor".

O amor é verdadeiramente o leme da vida.

beijos

Joshua disse...

Muito bom!

Odele Souza disse...

Obrigada por sua visita ao meu espaço. Também este seu é muito agradável e acabo por encontrar alguns amigos comuns. Que bom.

O poema deste post é muito bonito e de muita sensibilidade.
Um abraço.

Lisa disse...

Oiiii Nanda...

Que poema linda...

Desejo a ti um lindo final de semana com ternura...

Beijosss...

vermelhinha disse...

A saudade pode ser dolorosa quando eterna.

Um beijo da flor.

C Valente disse...

Bom fim de semana
saudações amigas com um beijo

Murmurios disse...

Passei para lhe desejar um bom fim de semana

Meg disse...

A saudade é um sentimento que nos persegue. Fatalidade?
Quanta solidão indesejada, quantos sonhos abandonados!

Beijinhos

rosa dourada/ondina azul disse...

Belo poema cheio de sentimento.

Beijinho,

lua prateada disse...

LINDO Fernanda e prazer!!! obrigada por teres passsado pelo meu cantinho prateado e é bem verdade a mensagem que me deixaste mas...ainda ninguem soube tirar os espinhos ...mas!!!quando essse alguem aparecer será decerto por mim muito amado...Beijinho da
SOL

Sophiamar disse...

Passei para te deixar beijinhos e desejar um bom, fim de semana.

Papoila disse...

Só posso dizer: Lindoooooooooooooooooo
Um dos mais bonitos que li teus.
"Eterna saudade" nos sonhos das paixões plenas...que esperamos viver.

BF