quinta-feira, julho 02, 2009

!... AS MINHAS ILUSÕES... !




FOTOS TIRADAS NA ILHA DO FAIAL-AÇORES-PORTUGAL


Não vou matar os dias que sobraram
Depois dos já passados, mas vividos...
Mas quero enterrar os que mataram
as minhas ilusões e os meus sentidos!

Tenho pena de todos os que amaram
Sonhando que jamais fossem traídos!
E odeio ferozmente os que enganaram
Corações, como o meu, desprevenidos...

Não posso ser um riso desprezado!
Quero saber chorar por ter amado!
Quero saber sorrir por ter nascido!

Com esta febre louca que me invade
Há algo de que quero ter saudade
Pra sentir que nem tudo foi perdido!!!


SONETO & FOTOS

FERNANDA COSTA

LISBOA, 02 DE JULHO DE 2009
Posted by Picasa

71 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Queroda amiga Fernanda

Quantos sentimentos neste Soneto
de ilusões!
Querer saber chorar por ter amada
Querer saber sorrir por ter nascido

é necessário saber chorar por ter amado, para não ficarmos a chorar eternamente. Há um tempo para chorar.
E saber sorrir por ter nascido,
para que saibamos sorrir em toda a vida.

Adorei minha querida amiga!

Um beijo com carinho

Alvaro

Ana Martins disse...

Adorei estas ilusões que demonstram pertencer a alguém que consegue separar as águas.

Lindo Soneto Fernandinha!

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Fernandinha,

Tão lindo soneto... quanta sensibilidade, amiga! e que fotos!!!
beijinhos

Sonho & Sedução disse...

Ilusões...
Quem nunca teve um dia???
Quem nunca desejou ser amanda...

Lindo soneto... e as imagens... sem comentarios... =)

BEIJO COM CARINHO

Angela Guedes disse...

Oi Fernanda!!!
É verdade, melhor chorar por ter amado do que chorar por nunca ter amado.
Lindo soneto, amiga.
Beijinhos
Ângela

gaivota disse...

fernandinha, maninha querida, lindas fotos... essa menina, irmã das minhas meninas... e o poema, lindooooooooooooooooo
beijinhossssssssssss

Tatiana disse...

Que sentido Soneto Fernanda!
É sempre muito bom estar aqui!

Gravarei em mente suas palavras:
"Não posso ser um riso desprezado!
Quero saber chorar por ter amado!
Quero saber sorrir por ter nascido!"

Um beijo carinhoso

Ana disse...

Nada é perdido minha querida Fernandinha, recorda as coisas lindas que te fizeram muito feliz, o resto esquece, eu faço assim, e vais ter muito que recuperar, acredita!
Adorei este belo poema e as tuas sempre belas imagens.
Já agora para este teu espaço que adoro tambem tens um miminho, lá no Be Happy.
Jinhosssssssss

LOURO disse...

Querida amiga Fernandinha.

Lindo soneto...Adorei estas ilusões,quem nunca as teve um dia?
Belas fotos...

beijinhos de carinhoi e amizade

Lourenço

Céu Vieira disse...

Querida Fernandinha, que poema maravilhoso!!!!....
Eu concordo com a Ana Paula, podemos sempre recuperar tudo e o resto esquecemos. A minha vida é a prova disso mesmo!
Parabéns sinceros pelo poema e pelas belas fotos.
Obrigada amiguinha pelo selinho.E obrigada também pelo seu carinho sempre tão amoroso.
Beijinhos e abraços de muito carinho para si amada

Maria disse...

Depois de e ler (e reler) não encontro palavras para te comentar...

Deixo-te um abraço, Fernanda
e um beijo

Olavo disse...

Lindo fernanda lindo..
Que veracidade cabe em mim este poema
Beijos

manuel marques disse...

Prefiro o sonho à ilusão; no sonho sabe-se que temos os olhos fechados; na ilusão julgamos tê-los abertos .

Beijo querida amiga.

GEMACEDO disse...

Lindo, quem me dera um dia mpoder escever assim. Meus parabens! Um beijo no coração de seu mais novo leitor.

Vivian disse...

...vim trazer beijos à minha
poetisa de além mar...

muahhhhhhhhhh, lindeza!

bom fim de semana, querida!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Que febre boa, minha amiga!
Olha, não pedi sua autorização, mas gostaria de lhe comunicar que coloquei uma rosa para você no nosso slide em homenagem às escritoras. Apenas não sabia seu sobrenome (Costa, vi agora) e está lá como "Fernanda (Sonetista). Mais tarde, farei a mudança, pois a conexão está muito lenta, todo mundo acessando. Veja, se puder, se está do seu agrado. É algo singelo, mas muito gratificante para mim que estou crescendo em meio a tantas autoras, conhecidas ou não, mas que só nos acrescenta.
Ótimo final de semana!!!Bjss

Pico minha ilha disse...

Lindo! e as imagens também.Beijinhos
ps:alterei o link do blog , para me encontrar só no perfil.

Ana disse...

Que confusão! LOL acho que adicionei este comentário no teu Blog das fotos a dizer que era do teu espaço literário! Não ligues querida Fernandinha é o cansaço de estar reformada, não tenho tempo para nada! Acredita! Pronto mas já que cheguei aqui vai lá buscar o postalinho da sala de visitas da cidade de Aveiro para colocares onde queiras. Ate pode ser no fundo do teu Blog ou noutro espaço qualquer. A decisão é tua.
Jinhossssss

SAM disse...

Querida amiga,

um belo soneto repleto de sentimentos tão comum a todos nós em alguns momentos. Voce tem o maravilhoso dom da escrita e a sensibilidade refinada para escrever, Fernandinha! Voce é uma pessoa especial.


Grande beijo e lindo fim de semana, amiga.

Everson Russo disse...

Um lindo final de semana pra voce tambem minha querida, beijos na alma...

O mar me encanta completamente... disse...

Nandinhaaaaaaaaaaa!!
Saudadessssss!!
Que belo!!
Um soneto com muitos reconhecimentos.
É muito bonito, triste,
porem forte, significativo.
Cumprimento-a querida
pela idéia e pelo
desenvolvimento.

Beijinhos

Glória

Sonia Schmorantz disse...

Lindo Fernanda, mesmo sendo um grito de rebeldia, o poema ficou magnífico.
beijo e lindo final de semana

lua prateada disse...

Enterra tudo que te fez mal amiga e, guarda para sempre as belas imagens que teus olhos mesmo fechados decerto podem ver...
Beijinho prateado

SOL

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

LIndo poema com belissimas fotos.
“O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.”

(Fernando Pessoa)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços


VISITE TAMBÉM O MEU NOVO BLOGGER UMA ILHA PARA AMAR

Um Poema disse...

....

Excelente este soneto, Fernandinha.
Um mundo de sentimentos nestes estrofes, plenas no significado e belas nos dizeres.

Um abraço

Maria Valadas disse...

Querida amiga Fernanda, Tens um dom maravilhoso para escreveres os teus sentires d´alma.

Mais um soneto SUBLIME.

Desejo-te um Bom final de semana.

Beijitos.

Everson Russo disse...

Os dias que sobraram certamente são os que o amor deixou para voltar um dia e recolher os pedaços e montar de novo um coração, um lindo final de semana pra ti, lindissimo poema, beijos na alma.

Luiz Caio disse...

Oi Fernanda! Bom dia!

Quem ama inventa a própria dor em que vive!...
Já disse o grande poeta!

Mas eu diria que o amor, ainda que machuque tanto, traz maior alento que a ilusão dos que acreditam poder viver sem ele!

ESTE SONETO, É UM DOS MAIS BONITOS QUE JÁ LI POR AQUI, E POR AÍ A FORA TAMBÉM!... PARABENS!

TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA!

BEIJOS.

mundo azul disse...

__________________________________

...a tristeza não conseguiu ofuscar o brilho desse soneto! Lindo!!!

Amores fiéis...Existirão?


Beijos de luz e um final de semana MUUUUUUITO FELIZ...

__________________________________

Tereza Freire disse...

Nanda, lindo soneto! Mostra a alma de quem quer ser feliz, mesmo depois das tristezas da vida. Uma ilusão que se cria para alimentar a possibilidade de ser feliz no amanhã. Beijos pra você, querida!

Marta disse...

Amar é viver, navegar com a brisa e com o mar....
Aprendemos com as tempestades e continuamos a partilhar....
Lindo soneto...e as fotos maravilhosas...
Beijos e abraços
Marta

Sandra disse...

Lindas Fotos dessa bela Portugal.
Agradeço suas visitas, tão encantadora.

Concordo com o Alvaro. parabéns amiga.
Ainda continuo sem o meu pc. mas dei um jeito para respoder a todos.
Com carinho
Sandra

Valdemir Reis disse...

Amiga Fernanda passando e compartilhando:
O valor da amizade?
“Quantas vezes são os amigos que nos fazem sorrir quando tínhamos vontade de chorar, mas a sua simples presença traz de volta o sol a brilhar em nossa vida.
Entretanto, não existe só alegria, amor, felicidade nesta relação que como em qualquer outro relacionamento, passa por crises passageiras, por momentos intempestivos, abalos ocasionais.
Podemos comparar esse elo de amizade ao tempo que passa por alterações climáticas constantemente, mas é dessa forma que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos, que se desenvolve uma amizade.
É na amizade verdadeira que encontramos sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade, fraternidade.
Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir.” Autora: Sandra Q. Nogueira
Permita deixar um recado o nosso Blog www.valdemireis.blogspot.com foi indicado para participar do “CONCURSO TOP BLOG CATEGORIA VARIEDADES”. Fique a vontade. Honrado e feliz, antecipadamente agradeço por sua visita e voto, meu muito obrigado!!! Desejo um ótimo fim de semana, muitas bênçãos, paz, saúde e proteção, brilhem sempre! Fique com Deus. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Sucesso.
Valdemir Reis

Maria Emília disse...

Sabedoria é o que fica depois de vividas as ilusões e saboreado o doce da suadade.
Isso é o que me faz lembrar o seu soneto.
Obrigada pelas palavras que deixou no meu blog.
Um beijinho,
Maria Emília

Oliver Pickwick disse...

Continua impecável neste gênero, cara Fernandinha. Como em suas fotografias, os seus sonetos líricos exibem todas as cores do amor. Inclusive as mais escuras.
Um beijo!

Angela Guedes disse...

Oi Fernanda, bom domingo, amiga.

"O amor é um sentimento tão delicado que, às vezes, a gente se satisfaz apenas com a ilusão de que ele existe.
Campoamor"

Beijonhos
Ângela

vida de vidro disse...

Algo tem que restar ou nada teve sentido. Belo poema, amiga. **

Pena disse...

Oh, Linda Amiga:
Um belo e sensível poema de amor.
Delicioso e com uma sensibilidade à flor da pele. Vísivel. Terno. Simpático.
Estou longe de casa, peço desculpa.
Um poema deslumbrante de pureza e beleza imensas.
Fantástico. Parabéns sinceros. Adorei.
Tudo de maravilhoso, sim, amiguinha fabulosa e meiga?
Beijinhos de imenso respeito, estima e consideração.
Sempre a lê-la atentamente...


pena


Linda...!
É uma preciosidade humana, acredite?

Véu de Maya disse...

Amei as fotos e o soneto...quase florbeliano...que alma poética!

te deixo um beijinho de apreço e de poesia.

Véu de Maya

Rabiscando disse...

Fotos lindas acompanhando o poema e o blog q é belíssimo.

Parabéns!

1 beijo!

Pelos caminhos da vida. disse...

Que essa semana que está ai batendo em nossa porta lhe traga muita luz e, que seja de gdes realizações amiga.

Um gde abraço.

beijooo.

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Nanda, tenho pra mim que até a ilusões nos são necessárias; justamente por elas é que nem tudo pode ou deve ser considerado perdido.

Mesmo uma amor tenso, mas vivido no seu intenso, inda que por uma das partes, tem seu lado bom, manso; o coração, que não tem olhos, sempre sorri enquanto perdura, e saberá secar lágrimas quando findo e finale.

E a vida segue, magistral, aparando-nos aqui e acolá, em busca da perfeição... que só se sabe enfim no fim.

bjs reverenciais.

SAM disse...

Fernandinha, vim te deixar votos de uma excente semana e muitos beijos para voce!

Anita disse...

Vim te desejar um belissimo dia!
Que o bem esteja o dia todo à tua frente e o que precisares venha nas tuas mãos...
Que o teu dia seja cheio de realizações.

Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amorfraternal)

BANDEIRAS disse...

Querida amiga :

A vida é feita de ilusões...infelizmente.
Quem nunca na vida teve uma ilusão e uma desilusão ??!!

Obrigada pela visita,
Bjs

Céci disse...

Olá Amiga Fernmandinha,

Já te disse que aos ver as tuas fotos apetece estar nesse sitio lindo? São lindas e convidam a a imaginação a voar,

Quanto ao poema, e gosto de tudo o que escreves, este bate cá dentro, és um doce de pessoa, sensível e linda!

Bjinhos

Céci

Everson Russo disse...

Passando pra desejar uma semana cheia de amor paz e poesia...beijos na alma...

O Árabe disse...

Bonitos, Fernanda... muito! :) Boa semana.

Viviana disse...

Olá querida Fernandinha

Tão lindo!

Um abraço

viviana

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, os teus sonetos são cada vez melhores. Assim de repente, penso que não vi ainda ninguém fazer melhor do que tu nos blogues.
Mas, mesmo quando comparado com bons sonetos de bons autores, este poema está praticamente nesse patamar. A tua fasquia está a ficar muito alta, e agora não podes descer... podes, é claro, mas eu gostaria de ler sempre tão bons ou melhores que este.
As fotos, são muito boas, como também já é usual.
Boa semana, beijo.

São disse...

Gostei imenso do poema e, claro, também das magníficas fotos.

Um grande abraço, FErnandinha.

Baby disse...

Um dos mais belos sonetos, de tantos e tão belos que escreveste.

Que as palavras sejam apenas poesia...

Um beijo amigo.

Mariano P. Sousa disse...

Olá amiga fernanda!
belíssimo e rico esse seu espaço!
Foi um presente passar aqui e delíciarme com belas imagens e poemas!
Obrigadão pela visita.

Abstrata disse...

Vim agradecer a visita
obrigada
volta sempre

beijos

Ana Maria disse...

Aconteceu comigo.
Amei tanto pensando que nunca seria traída. Tudo engano!
O destino brincou com meus sentimentos.
Hoje , superei tudo e estou amando novamente. Mas, com os pés no chão.
Beijinhos doces!

Agulheta disse...

Fernandinha!gosto das palavras que aqui escreves,leves sentidas,nada melhor que o tempo para superar algo que nos atormente.
Beijinho de amizade.

Everson Russo disse...

Minha doce amiga, carinhos enormes pra ti e uma linda tarde...beijos na alma...

Pelos caminhos da vida. disse...

Durante a nossa vida:

Conhecemos pessoas que vem que ficam,
Outras que,vem e passam.
Existem aquelas que,
Vem,ficam e depois de algum tempo se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade de ficar...

(Charles Chaplin).

Boa noite.

beijooo.

adrianeites disse...

por aí é que se est´bem!!!!!

boa semana!!!!

Conceição Duarte disse...

Fernanda, nunca perdemos tudo! Sempre fica um pouco... beijos, CON

Rosemari disse...

Fernanda querida

Muito obrigada pela visita. Seu blog é carregado de emoções em poesias sentimentais e muito belas.

beijos

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Às vezes eu acho q vivo de ilusões. E dói.

Beijos e borboleteios

Cleo disse...

Fernandinha, ilusões se vão, outras vem.
Beijos e uma quarta iluminada.
Cleo

Anita disse...

Bom dia, que a tua vida seja um encanto... para tornar tuas vitórias mais significativas!!!

Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

O Profeta disse...

Mas os golfinhos continuam felizes
A cavalgar ondas de madrepérola
A Lua sorri tristemente e pensa
Haverá alguém mais perverso do que ela?
Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração

Boa semana


Doce beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho "Anjinho da Sorte" lá no blog esperando por vc.

beijooo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Oi amiga Fernanda, como sabe tenho um novo blogger UMA ILHA PARA AMAR, passa la que tem uma surpresa para você, espero que goste.
Abraços

Paola disse...

Por nada! Eu que agradeço.. Seus posts são lindos e as fotos idem... Parabéns!
Beijos

Everson Russo disse...

Um lindo dia pra voce querida amiga, deixo carinhos e muitos beijos na alma.

Tais Luso de Carvalho disse...

Cara Fernanda, entrei no seu blog através de outro...e estou gostando muitíssimo do que estou lendo. Sinto que estarei muito aqui. Excelentes textos e lindas fotos.

bjs
tais luso

Blog do Óbvio disse...

Fernandinha, maravilhoso o soneto. Veja que lindo isso:

"Corações, como o meu, desprevenidos..."

Todos passamos por isso e não conseguimos definir ou descrever. Você o fez com muita sensibilidade em apenas uma linha.
Carinhoso beijo. Manoel Eduardo - Brasil.