domingo, julho 27, 2008

OS TEUS OLHOS

Tinhas mar nos teus olhos de safira
E um sorriso de sombra enluarada!
Tua voz era música de lira...
Teus braços uma gruta encantada!...

É difícil travar do tempo a ira
Quando há ventos agrestes e geada...
Mas se há um coração qu'inda delira
Toda a força do tempo é dominada!

Cheguei à conclusão... E com vaidade
Que as vivências da nossa mocidade
Conseguiram de mim fazer "rainha".

Os teus olhos, agora, são canção
Dos tempos bem distantes que lá vão
Diluídos em vida que é só minha!

Horta, 27 de Julho de 2008

Fernanda Costa

85 comentários:

Maria disse...

Belo, belíssimo, Fernanda.
Que saudades tinha de te ler...
É possível ter o mar todo nuns lhos cor de avelã?

Beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Maria, levei tempo mas postei os meus quatro cantinhos...
Também tenho muitas saudades tuas,
Hoje cheguei á Horta vinda da Iha Terceira, já tenho fotos...Querida Maria,muitos beijinhos de carinho,
Fernandinha

O Guardião disse...

A inspiração das ilhas nas palavras que a Fernandinha nos dá, sempre optimista, e sempre apaixonada pela vida. Bem hajas.
Cumps

joão m. jacinto & poemas disse...

Olá, Fernanda!

Bela poesia!

E votos de uma feliz estada, nas tuas origens!

bj,

jmj

SAM disse...

Lindo, Fernandinha! Teus versos fluem como música de lira, embalando com doçura nossos corações.

Grande beijo, querida.

Dois Rios disse...

Versos nostalgicamente belos.

Me vi um pouco neles.

Beijos,


p.s. Grata pela visita.

paula barros disse...

Lembranças, lembranças...
De um tempo que passou.

abraços e uma ótima semana

Baby disse...

A poesia escorre-te da alma como um rio...
Parabéns.
Beijinhos

O Árabe disse...

este é o maior encanto das lembranças, Fernanda... fazer reviver momentos eternos! :) Boa semana.

O Sibarita disse...

Oi Fernanda, o seu poema é de uma paixão retada, fia! Que bom, né? kkk

Oi a última parte da festa do sibarita já foi postada leia... kkk

Bjs
O Sibarita

gaivota disse...

fernandinha, vir sentir as tuas palavras é um bálsamo...
cheirar as hortênsias e entrar mar adentro desde a horta até à madalena...
todo o carinho e beijinhos

Joseph disse...

Fernandinha
Olá

Há quanto tempo!

Achei o comentário da SAM muito bonito, e, partindo do princípio que ela não se vai aborrecer comigo, repito-o:

"...Teus versos fluem como música de lira, embalando com doçura nossos corações."

Beijos ternos de carinho;)**
(Continuação de boas férias....)

Olhos de mel disse...

Oie minha amiga linda! Por trás desse belo poema uma doce nostalgia... Tempos que passam e ficam lembranças, que por mais que passe o tempo, jamais serão esquecidas.
Boa semana! Beijos

Ana Martins disse...

Belíssimo soneto, Fernanda.
Adorei, beijinhos

LUZIMAR disse...

Boa noite querida amiga. lindo é o que leio por aqui, sempre cheio de verdade e ternura.

Belo muito belo a poesia.

Beijos em seu coração

Ana Maria disse...

Olhos de rainha, belo poema.
Fernandinha , obrigada pelas visitas nos 3 blogs.
Tenha uma semana repleta de felicidades.
Beijinhos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Belo poema...

Gostei dessa visita...

Me fez bem a alma...


beijooo.

xistosa - (josé torres) disse...

Esse mar azul prateado que a encantou e faz com que o coração continue a latejar, vem dos tempos da mocidade.
Agora, com nostalgia, vê esse mar diluir-se na areia, ouvindo a canção dos tempos idos.

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

Belíssimo poema!

Quanta ternura, quanta sensibilidade, quanto carinho, quanto amor, aqui transmitido através destas belas palavras!

Adorei esta primeira quadra!

"Tinhas mar nos teus olhos de safira
E um sorriso de sombra enluarada!
Tua voz era música de lira..."

LINDO!!!

Uma excelente semana, querida amiga

Beijinhos doces...

Mário
Teus braços uma gruta encantada!...

Ju disse...

que delícia de sentires....
beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
que inspiração, amiga
,
continua,
,
encantadas conchinhas,
,
*

Angel of Light disse...

Fernandinha, minha doce Fernandinha!

Voltei,... se bem que por pouquinho tempo. Já tenho computador... ao fim de um mês... mas agora vou de férias.

Não quis ir embora sem te vir deixar um luz cheia de carinho.

Fica bem, querida!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo poema, Fernanda, como todos os que vc faz.
Fiz novo post hj, acho que vc não viu o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

marias disse...

Fazes sonetos encantados
e mesmo que falem de saudade
deles sempre és rainha.

Quantas vezes me revejo no que leio! Encanta-me a musicalidade com que escreves e ler os teus sonetos é sempre um prazer. Já um dia te disse: lembras-me sempre a Florbela Espanca.

Obrigada por me visitares e comentares várias vezes no meu blog e me deixares sempre uma palavra amiga.

Beijinhos e tudo de bom para ti.

Alexandre disse...

«Tinhas mar nos teus olhos de safira»... Safira, só de ouvir falar em safira o meu coração bate mais depressa... era um nome de código...

Os teus sonetos são LINDOS!!!!

Dias disse...

... tu escreves hinos miuda!

Parabéns, e um beijo claro.

Alice disse...

Oi Fernanda !!! tu escreves bem demais ... sinto tua alma aqui perto de mim !!


bjkas pra ti

Bandys disse...

Fernanda,
Sua poesia é um balsamo ppara nossa alma.Belíssimo!
Beijos

Maria Clarinda disse...

Hoje escolhi este pedaço da manhã para passar contigo lendo os posts novos e relendo os mais antigos e saio como sempre , feliz com o que leio!!!São lindos os teus poemas. Amiga.
Jhs mil

adrianeites disse...

continuação de boa estadia aí na horta!

a poesia tem a qualidade e intensidade do costume!

bjs

São disse...

Da primeira vez que cá vim, não comentei.
Mas agora não posso deixar de te dizer que adorei!
Greande abraço.

Pena disse...

Linda Amiga:

Um poema delicioso e de maravilhar.
Uma perfeita pessoa e uma gigantesca poesia de admirar.
Registei com simpatia para com alguém muito especial:

"...Os teus olhos, agora, são canção
Dos tempos bem distantes que lá vão
Diluídos em vida que é só minha!"

Lindíssimo. Adorei!
Com apreço pela terna pessoa que é.
Beijinhos

pena

maresia_mar disse...

olá Fernandinha
que saudades tinha de aqui vir, o tempo ai ai... eu adoro os açores e as suas gentes, conheço várias ilhas mas a tua ainda não.. quem sabe um dia destes??

bjhs

RESSACA disse...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Nilson Barcelli disse...

"Os teus olhos, agora, são canção
Dos tempos bem distantes que lá vão
Diluídos em vida que é só minha!"

O soneto é excelente e o final é soberbo.
Parabéns cara amiga, dominas um género bem difícil de escrever.

Beijinhos.

vero disse...

Belissimo soneto, doce e melodioso :)


Beijinhos minha amiga ***

SILÊNCIO CULPADO disse...

Fernanda
Essa tua vida de vivências sentidas, essa sensualiadde que dá cor à existência, esses teus sonhos que não cabem nas tuas mãos, produzem estas lindas poesias.

Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Belo poema...

Seu blog respira amor...

Quem sabe um dia...

Seja uma poeta como você...

Obrigada pela visita.


beijooo.

C Valente disse...

Poesia poesia
Saudações amigas com um beijo

xistosa - (josé torres) disse...

Fernandinha
Vou de férias até dia 22.
Levo o portátil e devo aparecer ... espero!

Até lá um abração de amizade!

Ana disse...

Poema aos olhos de quem se ama, com a ternura que o tempo traz. Belo.
Um beijo.

Vieira Calado disse...

É... as vivências da nossa juventude é que fazem de nós reis... ou rainhas...
Beijoca

p y b disse...

Poeta!
Um abraço Fernandinha e para o teu Faial tb!

Agulheta disse...

Olá Fernanda. Já tinha saudades de ler os teus poemas,mas o Mar pode ser de muitas cores,visto aos olhos de cada um. Continuação de boa estadia. Beijinho de amizade Lisa

LUZIMAR disse...

Boa tarde Fernanda querida.

Linda a poesia e lindo o lugar onde moras.

Sonho verdadeiro.

Sonho que todos sonhamos.

Posso usar suas poesias em meus cantinhos também????Claro que com todos os creditos.

Você é super romântica.

Beijos querida amiga

José Miguel Gomes disse...

Mar nos olhos, onde de facto deverá estar sempre :)

Fica bem,
Miguel

lua prateada disse...

Lindo, belo belíssimo sem palavras Fernadinha ,é uma maravilha se ver uma pessoa tão linda e com coisas dentro de si que sabe po-las cá para fora.Te admiro muito amiga.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

E o poema continua aí, firme! Fernandinha, fiz uma resenha sobre um filme inédito no Brasil, que tive a oportunidade de assistir. Há também um "elogio aos amantes", você vai gostar.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Fernando Rozano disse...

poema de muita riqueza, em versos com o mar nos olhos, de muita profundidade e vida. meu abraço.

adrianeites disse...

bom fim se semana e continuação de boas férias!

Olhos de mel disse...

Oie linda! Passei para lhe ver e desejar um bom fim de semana! Beijos

C Valente disse...

Saudações amigas com muito carinho e um beijo

RESSACA disse...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Estou sendo difamada e perseguida por uma mulher aqui na Blogosfera e nas ruas. Ela disse que segunda inaugurará o Blog contra Renata. Chegou ao ponto de ligar para a minha casa na quarta perguntando se eu ia ao médico no dia seguinte e se tinha feito exame de sangue. Depois confirmoua consulta para às 8: 30. Quando me deram o recado, façei que a consulta era às 16: 40 e liguei para o consultório de onde me disseram que ninguém me havia telefonado e que me confirmaram a hora da consulta: 16: 40. Diz que me persegue na rua para tirar fotos minhas para por no Blog anti-renata.
Vocês me conhecem, cabe-lhes tomar o partido que quiserem.
Renata Cordeiro

LUZIMAR disse...

Fernanda, você é maravilhosa, obrigada por tudo, claro que irei usar pois são lindos e apaixonados.

Agora mesmo postei um que achei super.

Está lá junto com uma montagem que fiz para você espero que goste.

Beijos

LUZIMAR disse...

Beijos Linda e muito obrigada mesmo.

Lindo Domingo para ti.

Fátima disse...

Amiga,

Belissímo esse teu ser!
Adorei as tuas palavras.

:-) um beijinho

Pedro Arunca disse...

Os teus poemas são canções
com teus versos de embalar
neles encontro as emoções
que te imagino no falar


Bjs

elvira carvalho disse...

Depois da cirurgia, estou voltando aos poucos a visitar os amigos.
Um abraço

Borboletinha Lilás disse...

Infelizmente, por razões pessoais, precisei mudar o dominio do meu blog. És uma pessoa importante para mim, por isso vim lhe deixar meu novo link, e gostaria muito de continuar contanto com tuas visitas. Quando o visitar, saberá a quem pertence.
Um grande beijo e aproveito para lhe desejar uma ótima semana.

Borboletinha Lilás

www.borboletinhalilas.blogspot.com

Obrigada pelo carinho e pela amizade.

O Profeta disse...

Majestosa e altivamente submissa
Uma árvore curva-se à lagoa
Encontrei um arco-íris perdido na terra
Este canto não pára até que a alma doa


Convido-te a olhar os sentires que emanam do altar do Sol


Boa semana


Mágico beijo

O Árabe disse...

Passei em nusca de novo post... e te desejo uma boa semana! :)

Gerlane disse...

Lindo, Fernanda!
E, coincidentemente, devido a algo que me aconteceu ontem, concordo plenamente com o dito em teu poema.

Beijos pra ti!

Ana Ramon disse...

É isso, amiga. O tempo acaba por adoçar as lembranças de momentos menos felizes. E quando damos por elas já submergiram dentro de nós fazendo-nos crescer.
Um soneto muito bonito.
Beijinhos

Papoila disse...

Olá Fernanda:
Tão bom a tua visita e palavras lá no campo. Lindo este poema de palavras ternas...memórias de um amor que ainda te inspira.
Beijos

SAM disse...

Querida amiga,

Uma semana maravilhosa, como você!

Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá amiga!
Voltando de novo...

Mas agora é pra agradecer suas visitas nos meus blogs.

Uma noite iluminada pra vc.



beijooo.

elane rebello disse...

o amor de verdade,fica para sempre na alma!bjs,vc é demais!!!

Edu disse...

MAis vale ver uns olhos de sentimentos ja distantes a viver em nós do que nunca os ter aberto.
kiss

tempoparaamar disse...

Amiga Fernanda adoentada não é bem, mais magoada com a vida que nos leva os entes queridos, por aqui perdi um ente querido.Beijinho
Salomé

maresia_mar disse...

Olá Fernandinha,
que belo poema, são como música nos nossos ouvidos!
Um bom resto de semana.
Beijos com sabor a maresia cansada

Menina do Rio disse...

Fernanda, há tanta beleza nesses olhos expressadas pelo brilho das safiras!

Um beijinho pra ti, amiga e desculpe pela demora de vir aqui.

Fica bem

Um Poema disse...

...
Lindo!

Um abraço

nanda disse...

Olá!

Boas férias e força para 4 blogs.
bjs

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

E os teus olhos não se fecham...
Postei sobre o filme "Caráter" e como sei que você tem bom caráter, apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Deusa Odoyá disse...

Oi minha estimada amiga Fernandinha.
Estava de férias em Salvador.
.
agrdeço sempre suas palavras com tanto carinho em meu blog.
Fique na paz e bos semana com mil estrelinhas em seu caminho.
De sua amiga.
Regina Coeli.

Mário Margaride disse...

Querida fernandinha,

Passo por aqui para te desejar uma boa noite, e continuação de excelentes férias!

Bejinhos de ternura e amizade

Mário

Ana Martins disse...

Olá Fernanda,
passei para te deixar um beijinho e agradecer suas visitas e comentários sempre tão simpáticos.
Bjs

C Valente disse...

Tudo bem . é o essencial
Beijos com saudações amigas

Bill Stein Husenbar disse...

Querida Fernanda mais uma bela obra que nasceu.

Parabéns mais uma vez.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Iana disse...

Olá amigos (as) queridos (as), é tão bom estar de volta depois de uns dias longos de férias.... Obrigada por cuidarem bem de meu jardim em flores.... vocês todos são D++++ adoro-vos, de vossa doce rosa amiga, recebam um grande beijo doce e um forte abraço cheio de saudades! É bom saber que posso sair e ficar tranquila, vocês cuidam bem de nosso jardim, ele não ficou sozinho, isso é maravilhoso!

Com carinho sempre

Iana!!!


PS: Olá amiga linda obrigada pelo seu carinho sempre... é tão bom saber sentiu saudades... receba todo o meu carinho e muitos jinhos

Baby disse...

"Tinhas mar nos teus olhos de safira
E um sorriso de lua de lua enluarada"...

Lindo!
Bjo.

Alice disse...

vc é mesmo especial !!

bjkassss

Alice disse...

vc é mesmo especial !!

bjkassss

J. Monteiro disse...

Maravilhoso! ler- Os Teus Olhos-
Que deles saiem canticos d'amor!
D'uma vida por ti amada, vivida...
Como tantos e tantos, aos molhos...
Gritam aos ventos o seu clamor,
Da tempestade por eles sofrida!


Beijos minha querida!
Te espero conhecer nesta vida...

José Monteiro