sexta-feira, novembro 09, 2007

A PROCLAMAÇÂO DA VIOLETA

Violeta, envergonhada,
Toda de roxo vestida,
entre montrastos perdida,
muitas vezes és pisada,
mesmo assim, ficas calada,
sem um ai ou um queixume
e se não fosse o teu perfume
nem serias detectada.

Não compreendo esse recato,
essa perpétua tristeza,
pois, tu sabes com certeza,
que gente de fino trato,
na lapela do seu fato
davam muito p'ra te usar
e os ares perfumar
p'ra prazer do teu olfacto.

Em lindos versos de amor,
és cantadas por poetas,
mantos de reis e profetas,
também são da tua cor,
portanto, esse teu temor,
não tem justificação,
já que em minha opinião,
tu és a mais bela flor.

Mostra-te sai do canteiro,
verás como toda a gente
fica feliz e contente
e dirá ao jardinheiro:
__" Linda flor e belo cheiro,
que cor rara e delicada,
faz lembrar uma boa fada
que protege um rei guerreiro "!

Os jardins convocarão
assembleias de mil flores,
muitos e bons, oradores
ás tribunas subirão,
dali te proclamarão
de todas as flores rainha
e até a grama daninha
te virá pedir perdão.

Alecrins e rosmaninhos,
urzes, tomilhos dos montes,
giestas e azevinhos
se acercarão dos caminhos
e ao mundo proclamarão
que dada a tua ascensão
não estão tristes nem sózinhos.

Fernanda

35 comentários:

Somente EU mesma disse...

Oie Fernanda...

Obrigada pela visita, e sempre que quiser, esteja à vontade para me visitar, tá!!!

O seu blog também é muito bonito, voltarei sempre...

Bjs

Janaína

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria da Luz disse...

Gostei deste poema também gosto de violetas.
E como diz o poema ...
È verdade gostaria de linká-la ao meu continho, posso?

Rosa Maria disse...

Fernanda

Lindo poema!
Adoro violetas.
Qundo era criança dizia que quando fosse maior queria ser vendedora de violetas no Chiado.
O meu sonho não se concretizou e as violeteiras (existe esta palavra?) abandonaram o local...

Beijinho

Tiago R Cardoso disse...

Permita-me antes proclamar a boa poesia que é escrita neste lugar.

Ana Luar disse...

Vestida de violeta te encontrei... e nas tuas mãos deixo um beijo amigo pela magia encontrada em tudo o que leio de ti.

Entre linhas... disse...

Um grade beijo te deixo revestido no perfume e das flores mais belas "as violetas".
Muito bonito o teu poema amiga
Bjs Zita

Berta Helena disse...

Gosto muito de violetas, Fernanda, e o seu poema está muito bonito.

Beijos.

Sol da meia noite disse...

Fernanda, deixa estar a violeta assim recatada... sente-a apenas pelo aroma. Perderia toda a graça, se de outra maneira fosse... Tal como tanta coisa na vida.
Mas não penses que não gostei da tua poesia. Adorei!!! As partes finais, encheram-me a alma.

Beijinhos!!!

manuela disse...

Gosto muito de violetas.
Lembro-me de quando era pequena eu e a minha mãe quando íamos á baixa de ver as vendedoras a vender violetas em raminhos.
Agora tudo acaba.
Também faço ligação com o Senhor dos Passos, que na altura da Páscoa pomos sempre um raminho a seus pés.
Bom fim de semana
Manuela

Alice disse...

Mas como consegues escrever bem !!!!
Parabens pelo lindo poema.

beijos pra ti.

Rosamaria disse...

Tu és pura poesia, Fernanda!

Obrigada pela visita, fiquei muito feliz, volta sempre.

Bj.

Silvia Madureira disse...

Que jardim tão especial este! Que bonito! Os mais frágeis são sempre os mais maltratados.

beijos

Fernando Pinto disse...

Gosto muito de canteiros, do perfume das flores...

Beijinho de quem gosta muito de te ler!

Fernando Manuel

C Valente disse...

Cada vez mais refinados os poemas, e este cheira a perfume, Apurado, onde as coisas simples têm tanta importância afinal
Desejo de bom fim de semana
Saudações amigas com carinho e um beijo

rui disse...

Olá Fernandinha

Poema de grande beleza!
É visível a pureza e a delicadeza das palavras.

Beijinhos, amiga

Palavras ao vento disse...

Um poema tão perfumado... que certamente fez o meu encanto!

Parabens!

Bom fim de semana.

Beijinhos

Gui disse...

É sempre um prazer imenso ler os teus poemas neste jardim cheio de andorinhas de urzes e rosmaninho giestas e azevinho. Respira-se aqui poesia pura. Um beijo Fernanda. Sinto-me aqui bem.

R@Ser disse...

Passando pra te desejar um ótimo fim de semana!
Bjim

lurainbow disse...

Obrigado pela visita adorei ler-te :))
Adoro a cor violeta , tb faz parte das cores do meu Arco-Iris ;)
Beijinhos

Teresa David disse...

POEMA DE UMA ESTRUTURA RICA E QUE NOS TRANSMITE IMAGENS E CHEIROS, COISAS QUE NEM TODOS NOS CONSEGUEM PASSAR! ASSIM, SÓ TENHO DE DAR OS PARABÉNS PELA FRESCURA E BELEZA DO MESMO.
BJS
TD

O Profeta disse...

Passei para sentir o suave aroma da tua fascinante beleza...


Doce beijo

Oliver Pickwick disse...

Humm... um blog cor-de-rosa...
Passei pra agradecer a visita e conhecer melhor o seu trabalho, o qual gostei muito. Destaquei: Violeta, envergonhada,/Toda de roxo vestida...
Voltarei outras vezes.
Um beijo, e tenha o melhor fim de semana!

Alexandre disse...

Que excelente dedicatória à violeta - uma das cores e das flores de que mais gosto - conseguiste reunir nos teus versos tudo aquilo de bom que a violeta tem. Parabéns!

Obrigado pela tua presença no magusto do meu blog.

Muitos beijinhos, Fernanda!!!

SAM disse...

Lindo, Fernanda! Um dos mais belos e singelos poemas sobre flores que já li e já pesquisei várias. Amo violetas!

Um beijo enorme.

Bom fim de semana!

O Profeta disse...

Passei para te deixar um abraço de profunda ternura...

Cadinho RoCo disse...

Pois aí está bela e merecida homenagem às violetas.
http://cadinhoroco.sabrisweb.com

joão jacinto & poemas disse...

Olá, Fernanda!

Parabéns pela poesia!

Uma óptima semana!

bj,

jj

elvira carvalho disse...

Lindo Fernanda. Sinceramente devo dizer-lhe que foi de todos os poemas que já li seus o que mais me agradou. Parabéns
Uns abraços

Luadosul disse...

Qué lindo es encontrar personas que puedan apreciar cosas tan simples pero maravillosas!
Beijinhos

Jose Gonçalves disse...

Gosto de oferecer violetas a minha mulher.
Antigamente fazia-o com muita frequência, agora nem tanto.
Não é que tenha parado de lhe oferecer flores, simplesmente mudei de flor.
Uma boa semana
José Gonçalves

Claudia Perotti disse...

Oi Fê,

quanto encantamento em tuas letras!
Extasio-me!

Beijinhossssssss

gaivota disse...

ola, vim aqui passear, gosto muito de violetas e do seu aroma, muito bom!
lindo poema, simples que diz tudo
1 jinho

Vieira Calado disse...

Um beijinho,
para retribuir os votos.
Boa semana.

nanda disse...

Adoro violetas, as campestres são as mais bonitas e perfumedas.

Este cantinho de poesia é um encanto.

Bjs